Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/06/2004 15:52

CCJ do Senado aprova proposta que reduz vereadores

Ellis Regina/ABr

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou hoje o texto da proposta de emenda à Constituição (PEC) da Câmara dos Deputados que acaba com 5.062 vagas nas assembléias legislativas de todo o país. A proposta está pronta para ser votada no plenário da Casa e a intenção dos parlamentares é pedir ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), que a PEC seja incluída na pauta do plenário na próxima semana, a fim de que possa valer para as eleições municipais de outubro.

Os parlamentares correm contra o tempo, porque as convenções partidárias começam na próxima semana. Se a PEC não for aprovada até a data da convenção, os partidos terão que escolher seus candidatos a vereador com base no corte de 8.528 vagas determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os senadores rejeitaram o substitutivo do senador Jefferson Peres (PDT-AM), que mantinha a decisão do TSE e limitava de 4% a 7,5% a receita líquida corrente dos gastos nas assembléias legislativas. O relator, mesmo antes da votação, estava convicto da derrota, que atribuiu à pressão exercida pelos vereadores. “Acho que a pressão dos vereadores é muito grande e os senadores são sensíveis a isso”, ressaltou.

A proposta da Câmara dos Deputados também limita de 4% a 7,5% os gastos das câmaras municipais, conforme o número de habitantes em cada município. Também ficam instituídas 22 faixas populacionais com o número mínimo de sete vereadores e o número máximo de 55.
A mobilização do Congresso em torno da decisão do TSE teve início em março deste ano, quando o Tribunal mudou as regras para o cálculo do número de vereadores por habitantes do país, com o corte das 8528 vagas.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)