Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/06/2005 06:46

CCJ aprova projeto que evita as trocas de partidos

Agência Câmara

A reforma política avançou um pouco ontem, quando a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou o Projeto de Resolução 239/05, do presidente da comissão, deputado Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ), que altera o Regimento Interno da Câmara para evitar o troca-troca de partidos.
De acordo com o projeto, a composição da Mesa Diretora da Casa e das comissões será calculada pelo número de deputados dos partidos apurado na homologação das eleições. A medida quer evitar, por exemplo, acordos de trocas de partidos para que uma legenda consiga a presidência de determinadas comissões ou mesmo a presidência da Casa. Biscaia explica a importância da medida para a fidelidade partidária. "O número de mudanças de partido foi excessivo nesta legislatura. Essa proposta evitará que isso ocorra. Ou, se ocorrer, não trará conseqüências para a formação da Mesa e das comissões. Com um detalhe: aquele que tiver indicação partidária para qualquer cargo perderá o cargo se mudar de partido."
O projeto será agora votado no plenário da Câmara. Como ele modifica apenas o Regimento Interno da Casa, não precisa de aprovação no Senado nem de sanção presidencial.

Outros projetos de reforma
Ontem a CCJ aprovou o Projeto de Lei 2679/03, que estabelece o financiamento de campanha apenas com recursos públicos, cria o voto de legenda em listas partidárias preordenadas, cria as federações partidárias, abranda a cláusula de barreira e muda as regras de pesquisas eleitorais e da propaganda eleitoral.
Agora, só falta a comissão aprovar mais um projeto da reforma política: o Projeto de Lei 1712/03, que fixa o prazo de filiação partidária. A proposta não pôde ser apreciada nesta quinta-feira porque a CCJ encerrou os trabalhos devido ao início da Ordem do Dia (período destinado à votações no plenário).
Já aprovados em comissão especial, esses projetos seguirão para o plenário e, se aprovados, vão para o Senado.



Reportagem - Paula Bittar
Edição - Natalia Doederlein

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)