Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/06/2004 14:10

CCJ aprova assistência social para morador de rua

Agência Câmara

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou na última quarta-feira o Projeto de Lei 781/03, do deputado Henrique Afonso (PT-AC), que inclui as pessoas que vivem na rua nos programas de amparo previstos na organização dos serviços da Assistência Social. A relatora, que defendeu a aprovação da proposta, foi a deputada Sandra Rosado (PMDB-RN).
O projeto altera a Lei Orgânica da Assistência Social (Lei 8742/93) para estender o atendimento a esses excluídos. "A situação dessas pessoas exige a adoção de uma política pública de reconhecimento e reintegração familiar e social, por meio de programas de amparo e rede de serviços de atendimento específico, sob coordenação do órgão federal responsável pela Assistência Social, articulando as diversas esferas administrativas e em parceria com entidades civis", afirma Afonso.
O deputado sustenta que a política de atendimento social deve viabilizar para as pessoas e famílias acesso aos serviços públicos de saúde, educação, geração de empregos e renda, moradia, amparo material e humano com espaço de localização e referência — indispensável, em sua avaliação, ao respeito de seus direitos sociais básicos.

Tramitação
O projeto já foi aprovado também pela Comissão de Seguridade Social e Família e agora será examinado pelo Plenário.

Reportagem - Érica Amorim
Edição - Luiz Claudio Pinheiro


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)