Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/06/2015 16:03

CBF muda esquema de sucessão e Assembleia aprova única reeleição

Gazeta Esportiva

Nesta quinta-feira, a CBF reuniu uma Assembleia extraordinária no Rio de Janeiro para discutir o sistema de reeleição da entidade e as medidas ligadas a MP do futebol, que propõe uma maior autonomia aos clubes. Garantindo a liberdade do comando técnico aos clubes, o vice-presidente da entidade relevou que, a partir desta tarde, todos os dirigentes do futebol brasileiro só tem direito a uma reeleição.

Marcus Vicente, vice da CBF, disse que o novo estatuto já está valendo, e que todas as Federações devem se adequar o mais rápido possível a nova cartilha da entidade. Ao falar sobre Marco Polo Del Nero, que substituiu José Maria Marin em abril e já foi alvo de diversos pedidos de renúncia após o escândalo de corrupção na Fifa, o dirigente disse que poderá concorrer a reeleição uma única vez.

“Ele só pode ter direito a mais uma reeleição a partir de hoje, quando a decisão foi tomada pela Assembleia Geral. Isso também vale para as Federações Estaduais. Todos terão direito a penas uma reeleição, e o estatuto já está valendo”, disse Vicente, convencido de que esta é uma forma de impedir a perpetuação e a concentração do poder, posta em prática em diversos âmbitos dos bastidores do futebol.

Apesar dos boatos sobre a participação de Del Nero nas negociações fraudulentas comandadas por Marin, fato que já foi negado pelo próprio presidente, o vice Marcus Vicente deixou claro seu apoio. “Marco Polo está firme no comando do futebol brasileiro. Acreditamos nele e demos esse voto de confiança porque ele merece, ele conquistou essa posição mediante uma estrutura eleitoral democrática que contou com o voto da maior parte das federações”, esclareceu.

Além de conceder maior autonomia aos clubes na organização dos campeonatos, o que adia – pelo menos por enquanto – a especulada criação das ligas, a CBF resolveu manter o esquema de sucessão na presidência. Caso o atual presidente tenha que deixar o cargo no fim do mandato, quem o substituirá será o vice mais velho, no caso, Delfim Peixoto, presidente da Federação Catarinense e autor da petição para o prédio da entidade se chamar José Maria Marin.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)