Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

02/10/2005 07:53

CBF está pronta para acatar decisão do STJD, diz Ricardo

CBF News

Na entrevista que concedeu à imprensa , na sede da CBF, em que anunciou oficialmente a saída de Armando Marques da presidência da Comissão Nacional de Arbitragem - o ex-árbitro Edson Rezende de Oliveira assumirá interinamente - o presidente Ricardo Teixeira deixou bem clara a posição da CBF em relação à possível anulação dos 11 jogos do Campeonato Brasileiro que tiveram a participação do juiz Edílson Pereira de Carvalho na manipulação dos seus resultados - a entidade já tem as datas fixadas para a realização dos jogos.

- A CBF está preparada para acatar a decisão do STJD. Assim que forem definidos os jogos anulados, vamos divulgar a tabela com as datas e os horários das partidas - afirmou o presidente da CBF.

O presidente Ricardo Texeira anunciou ainda que as partidas serão disputadas com portões abertos e terão transmissão por TV aberta, para que não ocorra prejuízo algum para o torcedor.

- O importante é que o Campeonato Brasileiro prosseguirá normalmente até o dia 4 de dezembro, quando será realizada a última rodada.

Ressaltando que o Campeonato Brasileiro de 2005 vem sendo um sucesso de interesse esportivo, com média de público superior à do ano passado, o presidente Ricardo Teixeira ratificou a decisão anunciada na primeira hora pela CBF, de assegurar a credibilidade e a lisura da competição.

- O Campeonato não foi paralisado, quem tiver de ser rebaixado, será, e quem tiver de subir da Série B para Série A em 2005, subirá - assegurou o presidente, acrescentando.

- A reação do público mostra bem como a credibilidade do Brasileiro não foi afetada. Apesar da denúncia desse fato grave, o comparecimento do torcedor aos jogos nessa última rodada foi expressivo.

O presidente da CBF fez questão de elogiar o trabalho desenvolvido pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal, em São Paulo, considerando-o fundamental para que os fatos fossem rigorosamente apurados e trazidos a público.

- Foi um belo trabalho, na parte jurídica e na esfera policial, sem o qual não se teria conseguido descobrir esse episódio grave.

Na esfera esportiva, de parte da CBF, o presidente Ricardo Teixeira lembra que a ação da entidade foi imediata, algumas horas depois de a notícia da manipulação de resultados do Campeonato Brasileiro ter sido veiculada.

- Logo na primeira hora da madrugada de sábado, afastei os dois árbitros do Quadro Nacional. Em seguida, pedi o afastamento do Edílson Pereira de Carvalho dos Quadros da Conmebol e da Fifa - disse o presidente.

Essas medidas foram as que se revelaram cabíveis no momento. O presidente Ricardo Teixeira continuou trabalhando no sentido de tomar as providências que se fazem necessárias, entre as quais um estudo para a reformulação da Comissão de Arbitragem, que já vinha sendo elaborado em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. Ele tem o objetivo de capacitar adequadamente os árbitros que fazem parte do Quadro Nacional e será conduzido pelo novo presidente da Comissão de Arbitragem, cujo nome será anunciado o mais rapidamente possível.

- Esse trabalho já vinha sendo desenvolvido com a Fundação Getúlio Vargas, é anterior a esses fatos. O objetivo é tornar os árbitros mais bem preparados, até mesmo no aspecto físico e mental, vamos tentar melhorar acentuadamente o nível da nossa arbitragem.

Caberá ainda ao novo presidente da Comissão de Arbitragem pôr em prática outras medidas que o presidente Ricardo Teixeira considera importantes para tentar, de maneira preventiva, diminuir a possibilidade de fatos graves envolvendo árbitros voltarem a ocorrer.

- Acho importante a realização de reuniões semanais e um maior controle na feitura das escalas de arbitragem. Vamos rever alguns conceitos para tentar evitar que fatos dessa ordem voltem a se repetir.

Sobre a saída de Armando Marques, o presidente da CBF explicou tratar-se de uma iniciativa do próprio, que se sentiu desgastado com o episódio da manipulação de resultados do Campeonato Brasileiro, que teve a participação assumida dos árbitros Edílson Pereira de Carvalho e Paulo José Danelon.

- O Armando Marques achou melhor sair, em razão desse lamentável episódio. Em seu lugar, assume interinamente o Edson Rezende, que já conhece a estrutura da Comissão por ter ocupado o cargo anteriormente, entre janeiro e abril de 2002.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)