Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/03/2009 11:15

Cassilândia: vítima fala que orou muito a Deus

Em entrevista a repórter da Rádio Patriarca, Isabel Nunes, uma das vítimas contou que os autores do assalto a Fazenda Três Nascentes, na região do Alto Tamandaré, chegaram e foram fazendo os reféns, tendo disparado contra o gerente da fazenda, Marcelo de Souza Júnior, que tentou reagir à ação criminosa, ficando por mais de 12 horas sob as armas dos assaltantes.

"Segundo os assaltantes, eles não queriam judiar de ninguém. Apenas dinheiro e jóias, descansar um pouco, lavar as roupas e esperar escurecer para irem embora. Ficamos de manhã até as 20h00". "Quando chegou no final, eles pegaram todo mundo que foi chegando, dando um total de 12 reféns", disse a vítima.

"Eles queriam matar uma vaca para comer, porém, como tinham vacinado os animais fazia pouco tempo, resolveram matar uma leitoa. Comeram, ficaram até escurecer e foram embora a noite." "Durante todo este tempo, o gerente baleado foi cuidado pelos reféns e, quando os assaltantes foram embora, correram até a fazenda vizinha para pedir socorro", disse.

Segundo a refém Camila, sobrinha do gerente da fazenda que foi baleado, "a todo momento o chefe do bando ficou repreendendo o autor do disparo, porque, segundo eles, os mesmos não eram covardes para matar e mexer com crianças e mulheres. O autor do disparo chegou a chorar arrependido, porque eles não queriam machucar ninguém."

"Eu orei muito a Deus. Disse que os assaltantes ficavam louvando a Deus e que, se não fosse Deus, talvez seu tio não estaria bem".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)