Cassilândia, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

10/07/2007 18:32

Cassilândia: vereadores vão ao TJ para reaver mandatos

Humberto Marques - Campo Grande News

Os seis vereadores afastados da Câmara de Cassilândia impetraram agravo de instrumento no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, solicitando a reintegração de seus mandatos. O caso foi repassado nesta terça-feira (10 de julho) à desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges. Os seis vereadores são representados pelo mesmo advogado.

Recorreram do afastamento – que tem validade de 30 dias – os vereadores Baltazar Soares Silva (PSDB, presidente da Câmara), Romão Maiorchini (PMDB), Ozélio Silva (PSDB), Silvioney Verón da Silva (PT), Paulo Fernandes Dalastra (PSDB) e Celino Araújo (PDT). Eles deixaram o cargo por determinação da Justiça, que acatou pedido do Ministério Público Estadual, que acusou os seis de serem beneficiários do esquema de desvio de recursos públicos da prefeitura – investigado na “Operação Judas”.

O fato foi apresentado pelo ex-secretário de Finanças, Waldimiro Cotrim Moreira, que informou que cada um dos vereadores receberia R$ 1 mil na operação. A denúncia levou o MPE a desdobrar as investigações, com a criação da “Operação Pilatos”. Baltazar Silva vinha respondendo pela prefeitura cassilandense devido ao afastamento do titular, José Donizete Ferreira de Freitas (PT) e de seu vice, Sebastião da Silva (PSB). Com a decisão, a prefeitura agora está sob responsabilidade do juiz Silvio Prado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 23 de Outubro de 2017
09:00
Cultura
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Sábado, 21 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)