Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/08/2009 14:28

Cassilândia: Preso um dos três fugitivos do presídio

A foto do buraco, por onde fugiram os presos no começo de agostoAgepenA foto do buraco, por onde fugiram os presos no começo de agostoAgepen

Weigy Júnio da Silva, que fugiu do presídio de Cassilândia no último dia 3 de agosto, foi recapturado ontem na cidade de Aparecida do Taboado. Ele fugiu em companhia de Marcelo Benjamim da Cruz, o Telinha, e Fábio Oliveira da Costa acusado de ter matado o empresário Toninho Corte.

Segundo o delegado Paulo Rossetto foi um policial militar de Cassilândia que descobriu a presença do fugitivo em Aparecida. Em trabalho conjunto, Polícia Civil, Militar e a Civil de Aparecida foi possível chegar a residência em que estava, levantada por outros policiais militares que se encontravam naquela. O comandante da PM Márcio Gago e ele agradeceram o emprego do delegado Lucio Carmo, de Aparecida, e seus agentes, que informados do fato efetuaram a prisão de imediato.

Rossetto lembrou mais uma vez do apoio recebido pelo Conselho de Segurança e Cidadania dos órgãos constituídos, bem como do Conselho de Cidadania e Segurança.

Weigy já foi recambiado para Cassilândia.

Saiba mais sobre o assunto

Cassilândia: A fuga dos presos
Terça-feira, 04 de Agosto de 2009 15:25

O agente Cunha, diretor do presídio de Cassilândia, disse hoje a reporter Isabel Nunes, da Rádio Patriarca, que acredita que o buraco foi feito pelos presos que fugiram na madrugada de ontem, no período noturno, horário que trabalham poucos funcionários. Confeccionaram uma corda artesanal conhecida por "Teresa" e jogaram por cima do muro. Segundo o agente, os policiais ficam de sentinela no outro lado do presídio e os fugitivos jogaram a corda atrás da caixa d'agua, local onde os policiais não têm visão.

Confirmou que o alarme tocou quandos presos subiram o muro. Ocorre que o alarme tem disparado outras vezes devido a folhas de coqueiros que batem na cerca que segura o fio do aparelho.

Segundo o delegado José Mansur, uma agente da civil que mora perto viu quando os presos estavam descendo, já na rua, acionou a polícia, mas apesar de todo o patrulhamento não foram recapturados.

Fugiram os seguintes detentos: MARCELO BENJAMIM DA CRUZ, VULGO TELINHA, FÁBIO OLIVEIRA DA COSTA E WEIGY JÚNIO DA SILVA. Fábio é acusado do assassinato do empresário Toninho Corte, que foi secretário das prefeituras de Cassilândia e Aporé (GO)




Cassilândia: Comandante da PM fala sobre fuga de presos
Quarta-feira, 05 de Agosto de 2009 16:30

Será aberto um Inquérito Policial Militar para apurar as causas da fuga de três presos em Cassilândia, disse hoje o comandante da PM local Capitão Márcio Gago. Entende que geralmente em fuga existem pessoas envolvidas. Pode ter sido aproveitada a falha por não ter policial na segunda torre e tentar justificar pela falta de estrutura, mas vamos investigar, prosseguiu.

O presídio de Cassilândia tem duas torres, mas desde a sua inauguração funciona apenas uma. Os PMs fazem a guarda na parte externa e a Agepen na parte interna.

Dentro do presídio existem câmeras , mas segundo o que se comenta falta pessoal para acompanhar o monitor as 24 horas. A fuga foi toda filmada e durou cerca de 40 minutos, segundo disse o Capitão Márcio.

Caso a torre tivesse um monitor, não haveria a fuga, enfatizou.

Ocorre, explica o policial, que os presos fizeram um buraco e correram até atráz da caixa de água, que é o único ponto cego de todo o presídio para o guarda que fica na torre. As câmeras filmam, mas o policial fica apenas com a visão do telhado.

Hoje, o presídio conta com 10 PMs e precisa de mais 10 para atender as duas torres.

O ALARME DISPAROU

O alarme instalado no muro disparou durante a fuga dos prisioneiros. O capitão Márcio explicou que somente dispara quando quebra o fio da cerca elétrica. O primeiro passou e não quebrou. O segundo quebrou. Rapidamente subiram os dois na “Tereza”, enquanto um quarto elemento voltou correndo para a cela.

Quando toca o alarme o policial não pode descer da guarita. Os que estão embaixo tem que correr para verificar se está ocorrendo fuga. Os PMs acionaram uma viatura que estava a trezentos metros do presídio, que foi a local, mas não conseguiu recapturar os fugitivos

Uma testemunha ouviu barulho de carro. Acredita que o o mineiro Fábio acusado de ter assassinado o empresário Toninho Corte teria fugiu de carro, e os outros dois fugiram à pé. Eles são de Paranaíba. Não descarta o capitão a possibilidade de ter havido contato de um dos fugitivos com alguém fora do presídio. Motivo do carro estar no local. Lembrou que no domingo houve visita

Ressaltou que toda a vez que a Polícia Militar faz revista no presídio encontra celulares.

Vai solicitar mais policiais para sanar as deficiências nas torres. Agora, deve subir um pouco mais o muro, atrás da caixa de água. Atualmente existem 108 presos, um pouco acima do limite, mas não pode ser considerado como excesso, comentou.

Notava-se uma certa irritação por parte do capitão, durante a entrevista que concedeu a Rádio Patriarca, porque a Polícia Militar e a Polícia Civil foram a Minas Gerais e trouxeram Fábio preso, num trabalho muito elogiado pela comunidade.

Fábio teve que ser submetido a uma cirurgia quando chegou e a PM tinha que levá-lo todos os dias para a fisioterapia. Após se curar, fugiu.


Fugiram os seguintes detentos: MARCELO BENJAMIM DA CRUZ, VULGO TELINHA, FÁBIO OLIVEIRA DA COSTA E WEIGY JÚNIO DA SILVA. Fábio é acusado do assassinato do empresário Toninho Corte, que foi secretário das prefeituras de Cassilândia e Aporé (GO)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)