Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/10/2008 12:27

Cassilândia: Prefeitura tem R$ 1 milhão de água atrasada

A Prefeitura de Cassilândia tem R$ 1 milhão atrasados e que o prefeito José Donizete pretende receber, boa parte, até o final do seu mandado, dentro de dois meses e meio. Segundo apurou o departamento de jornalismo da Rádio Patriarca existem cerca de 8 mil pontos de consumo, mas em torno de 3 mil estariam em débito com a municipalidade.

Existem devedores, segundo apurou a reportagem, de até sessenta meses em atraso. “Ocorre que o devedor diz que tem que receber da prefeitura e não paga. Falta um encontro de contas entre a prefeitura e quem deve”, comentou.

Contou que o maior problema da prefeitura vai ser receber nos bairros Laranjeiras, Cardoso, América e Tinelli. Muito tempo os moradores daquela região, quando recebiam água, era na madrugada. Há pouco tempo foi inaugurado um poço artesiano naquele local. Os moradores, segundo esse funcionário, aceitam pagar daqui para frente. O atrasado, nem pensar. Explicou que é uma questão jurídica porque, mesmo com o precário fornecimento, os moradores recebiam a água. Com certeza os moradores, se cobrados, deverão discutir a conta judicialmente.

Os cortes do fornecimento de água, após a notificação, já começaram a ser feitos.

HIDRÔMETROS

Outro problema do fornecimento de água em Cassilândia, segundo o mesmo funcionário, é a questão da fiscalização. Quando algum funcionário resolve fazer fiscalização, ao encontrar hidrômetro adulterado, tem que fazer o Boletim de Ocorrência na Prefeitura. “Acontece que o funcionário se sente sozinho. Ele tem que ir a Delegacia, ficar cara a cara com o consumidor, e ganhar uma inimizade. “, reclamou.

Em certas residências, contou, os proprietários não deixam entrar para colocar hidrômetro, quan do gastam muito, ou mesmo para lê-lo. Uns até colocam no quintal cachorros bravos.

Explica que está errado a colocação do hidrômetro. A lei diz que deve ser colocado para fora da casa, para facilitar a leitura. “É só fazer cumprir a lei que muitas coisas mudam”, concluiu.

O departamento de jornalismo da Rádio Patriarca soube, extra-oficialmente, queo departamento de água recebe, em édia, por mês, em torno de R$ 120 mil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)