Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/09/2010 08:09

Cassilândia: Polícia toma precauções com suspeito de estupro

A polícia, como ocorre em casos semelhantes, está tendo todas as precauções necessárias com a situação do suspeito de estupro, preso anteontem, por policiais civis, quando fugia da cidade, no Distrito de Indaiá do Sul. Ele fica na \"solitária\" por cerca de 30 dias e depois na ala específica do presídio.

Estuprador não é bem aceito pela população carcerária. O delegado Rodrigo de Freitas preferiu omitir o nome do acusado, mesmo com provas concretas, segundo ele. A polícia tenta agora recuperar as fotos que teria feito com o seu celular, posteriormente apagadas.

Ainda falta ouvir uma criança, realizar mais algumas diligências, e na sequência o inquérito será encaminhado para o Fórum.

Veja o que já foi publicado sobre o assunto

Cassilândia: homem estupra cinco crianças
Sexta-feira, 17 de Setembro de 2010 11:06
Bruna Girotto

A Polícia Civil descobriu, com auxílio do Conselho Tutelar, que um homem estava estuprando meninas de 9 a 12 anos de idade há aproximadamente dois anos em Cassilândia (MS).

\\\"É estupro de vulnerável e a pena é grave. Nos exames feitos com as menores, apenas em uma não deu positivo. Nas demais, houve o rompimento do hímen e a prática de conjunção carnal\\\", relatou o delegado Rodrigo de Freitas.

O criminoso levava as vítimas para sua residência com a desculpa de que iriam brincar com a filha de sua convivente. Em alguns casos, ele dava bebida alcóolica às menores para cometer o estupro.

\\\"Ele ameaçava as crianças de morte se contassem para alguém. Pelo relato das vítimas, ele realmente abusava sexualmente, retirava a roupa das meninas e tocava em seus órgãos genitais\\\", contou Rodrigo.

O homem desconfiou que estava sendo procurado pela polícia e saiu da cidade. Ele foi preso no Indaiá do Sul pelos investigadores Sandra e Lázaro.

Trata-se de um homem perigoso, que tem entre 40 e 45 anos, e que, segundo o delegado, se não fosse preso, continuaria cometendo o crime.

\\\"O grande problema é que os filhos têm medo de contar para os pais. E por isso ocorre o abuso. Não deixe seu filho dormir fora de casa. Os pais têm que ter muito cuidado com quem deixam o filho, porque a situação realmente é crítica. Este é um caso clássico de pedofilia\\\", alertou o delegado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)