Cassilândia, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

13/10/2009 09:40

Cassilândia: Polícia divulga retratos de PROCURADOS

Cassilândia NewsCassilândia News

A Polícia Civil de Cassilândia está divulgando cartazes com fotos de duas pessoas acusadas do assassinato de Elmis Carneiro, dia 13 de fevereiro de 2009.

Paulo da Silva e Rogério Carvalho da Silva, na foto, segundo o dr. José Mansur são as pessoas procuradas e consideradas foragidos da justiça, com prisão preventiva decretada. O Cassilândianews publica o material recebido da Delegacia de Polícia, com a solicitação de qualquer informação ligar para 67- 3596 1366.

Leia matérias sobre o assunto, publicadas no site

Cassilândia: Polícia continua a procura de assassino
Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009 06:44

Elmis Batista Carneiro, 54 anos, assassinado na última sexta-feira, em Cassilândia, levou onze facadas e não uma, como chegou a ser noticiado. A polícia diz que tem suspeito, mas estaria com dificuldades para a identificação, uma vez que estaria de passagem pela cidade. Não é descartada a hipótese de ter uma terceira pessoa no momento do crime. O delegado de Polícia José Mansur explicou ao Cassilândianews que todas as hipóteses estão sendo verificadas e todas as informações checadas.

HOMICÍDIO DOLOSO
13/02 - 16:00h - A GU PM foi acionada via 190, através de denúncia anônima, a comparecer na entrada da chácara Flamboyant, situada à Rodovia MS 112 Km 02, onde segundo informações encontrava-se a vítima, Sr. Elmis Batista Carneiro, 53 anos, ferida. No local, a GU PM constatou os fatos, identificando a vítima fatal, que apresentava ferimento no pescoço, aparentemente feito com objeto perfuro cortante (faca). A arma do crime não foi localizada nas imediações. O local foi preservado até a chegada da polícia técnica. Diante dos fatos, foi confeccionado Boletim de Ocorrência e encaminhado a Del Pol, para providências.
(Boletim da PM 16/02/2009)

Cassilândia: Cidade cobra prisão de assassinos de Elmis
Quinta-feira, 14 de Maio de 2009 16:10

A comunidade cassilandense tem cobrado a prisão dos assassinos de Elmis Carneiro. A polícia já descobriu a autoria, mas está tendo dificuldades para localizar. Hoje, a reporter da Rádio Patriarca, Izabel Nunes, pergunta neste sentido ao dr. José Mansur, delegado Titular da Comarca. A seguir, um resumo da sua resposta.

Devemos fazer um paralelo entre o homicídio do sr. Elmis e do sr. Toninho Corte. Quando aconteceu o homicídio do sr. Toninho Corte eu fui uma das primeiras pessoas que compareceu ao local e solicitou a perícia de Paranaíba para fazer o levantamento, com apoio do dr. Luis Carlos Buono Macedo, delegado regional e do delegado Paulo Rossetto.

Na seqüência dos fatos, após todo este levantamento da perícia a Polícia Militar continuou as buscas e encontrou além de bonés, um celular, que contribuíram para os esclarecimentos desses fatos. Não foi apenas o celular que resolveu a questão, mas junto com outras evidências e consultas a outras delegacias se havia alguma pessoa ferida, somou para o sucesso desta operação.

Agora, com relação ao sr. Elmis Carneiro, que é um caso completamente diferente, nós conseguimos identificar os autores, que se encontram foragidos. Existe boatos que estão nesta ou naquela cidade. Sendo ciganos, pessoas que tem aparência semelhante, dificulta a identificação dos autores.

Já solicitamos apoio a outras delegacias, para buscas em outras cidades, encaminhando fotos e outros dados.

A população em Cassilândia, por ter sido muito rápido a solução do caso do sr. Toninho Corte, cobra o porquê não se prendeu os assassinos do sr. Elmis. Mas, cada caso tem sua particularidade, e a polícia busca daquilo que dispõe de localizar e identificar os criminosos. Continuamos com todo empenho na captura dos acusados.

Terminou dizendo que todos os casos tem a mesma atenção por parte da Polícia Civil.

Entenda o caso

Cassilândia: homem é assassinado a facada
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009 18:24

Segundo informações da Polícia Militar de Cassilândia, o Sr. Elmis Batista Carneiro (54 anos) foi encontrado morto na estrada que dá acesso ao distrito do Alto Tamandaré, na entrada da chácara Flamboyant, aproximadamente 1,5km após o cemitério local.

O corpo tinha sinais de uma facada no lado direito do pescoço. A polícia tem suspeitos e já encontra-se em diligências.

Elmis era casado com a sra. Madalena (inspetora de alunos da Escola Municipal Amim José), e tinha um casal de filhos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 23 de Outubro de 2017
09:00
Cultura
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)