Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/02/2007 09:58

Cassilândia - Nota à imprensa

O delegado Paulo Rossetto, em nota à imprensa diz que o crime do Indaiá do Sul está esclarecido. Veja a nota oficial:

NOTA À IMPRENSA

APFD IP N°: 0036/07.
Tipo penal: Homicídio duplamente qualificado pelo motivo fútil e por ter utilizado recurso que dificultou a defesa do ofendido, previsto no artigo 121, parágrafo 2º, inciso II e IV, última figura, do Código Penal.
Autor: LUIZ AUGUSTO FRANÇA DA SILVA, vulgo LUIZ MELETÃO,
Filho de ARTUR LUIZ FRANÇA e de LAUDELINA ALVES DA SILVA, não portava carteira de identidade, nascido aos 03.03.72, natural de Cassilândia-MS,
Estado civil Solteiro, Profissão CARVOEIRO, residente no Distrito do Indaía do Sul, Cassilandia-MS.

Data da prisão: 25 de fevereiro de 2007.

Nessa data, por volta das 22h30min, o acusado LUIZ AUGUSTO FRANÇA DA SILVA matou a vítima, ainda não identificada, fazendo uso de um canivete, devidamente apreendido. Acusado e vítima estavam em um bar no Distrito do Indaiá do Sul, momento em que a vítima fez provocações verbais ao acusado e xingou a mãe dele. Após a vítima ter deixado o local, o acusado armado com o canivete foi à sua procura, e encontrando-a, o acusado matou-a enquanto a mesma dormia em um banco da praça existente no referido Distrito. O acusado foi preso nessa data, por volta das 16h30min. A vítima trata-se de uma pessoa do sexo masculino, cor morena, 1,73 m, com barba, cabelo grisalho, sem tatuagens ou cicatrizes que possam auxiliar em sua identificação, aproximadamente de 40 a 50 anos de idade, trajando short cinza e camiseta azul escuro, foi encontrada morta na praça localizada no DISTRITO DO INDAIÁ DO SUL, nesse município. Segundo o acusado o mesmo não conhece a vítima e nunca a viu no Distrito do Indaiá do Sul. O acusado alegou que um adolescente estaria junto com ele no momento dos fatos, mas esse fato verificou-se que não procede. A testemunha FLORISVALDO SALES AGOSTINHO cunhado do acusado, foi quem presenciou os fatos e viu o acusado matar a vítima enquanto a mesma dormia.
Através dessa investigação da Polícia Civil descobriu-se a autoria dos fatos, e dois Policiais Civis e um do Cob, na VTR da Polícia Civil foram até o Distrito do Indaiá e prenderam o acusado, o qual já perpetrou outros 4 homicídios.

Cassilândia, 25 de fevereiro de 2007.


PAULO H. R. DE SOUZA,
Delegado de Polícia Adjunto de Cassilândia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)