Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/02/2011 14:55

Cassilândia: magistrado fala sobre o policiamento

Bruna Girotto

Na entrevista concedida hoje (25) ao programa Rotativa no Ar da Rádio Patriarca, o Juiz de Direito de Cassilândia (MS) Silvio Prado opinou sobre o policiamento na cidade.

\"A questão de policiamento é uma lástima. Não sei se é por falta de uma proximidade da Administração municipal com o Estado para tentar sensibilizar o governador a ajudar mais. Não tenho dúvida de que todas as cidades do Estado têm esse problema. Ocorre que quando fala de policiamento para Cassilândia, ignora-se o ponto estratégico que facilita o crime. Ignora a questão de que há fronteira e presídio na cidade\".

E continuou: \"Tem de ficar claro para a população que não depende do Judiciário e do delegado, e sim de policiamento efetivo\". Ele disse ainda que quando o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) foi feito, em 2007, não existia a violência que havia hoje. \"O crack virou uma praga\", disse o juiz.

Para ele, a quantidade de policiamento descrita no TAC já era defasada. \"Então, tem de deixar claro que não depende da gente, é vontade política\", afirmou.

TAC - Em 2007, quando foi elaborado um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) entre o Ministério Público e a Secretaria de Segurança Pública, para não diminiuir o número de policiais civis e militares, a Polícia Militar do município recebeu 10 novos policiais em 2007 e 6 em 2009. Ocorre que 26 pediram transferência ou se aposentaram. Assim, mesmo com o TAC, o déficit foi de 16 policiais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)