Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

10/05/2012 17:33

Cassilândia: irmã questiona competência judicial

Bruna Girotto

O Cassilândia News publicou ontem (9) uma matéria informando que o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul reconheceu a Justiça Comum, e não a Militar, como competente para julgar o crime que matou o comandante da Polícia Militar José Eufrásio da Silva.

A irmã do comandante, Maria Aparecida Eufrásia da Silva, encaminhou e-mail ao Cassilândia News nesta tarde afirmando ter muita dúvida se Eufrásio estava em atividade particular ou policial quando foi morto, questionando assim, a decisão do TJMS:

"É difícil entender como o Tenente Eufrásio foi parar na casa do Paulão. Ele não foi chamado por telepatia: às 22h. e 56 min. o Sd Carapiá ligou para ele; às 22h. e 58 min. ele ligou no Quartel; às 23h. e 06 min. ligaram para ele do Quartel. Ele atendeu todos os telefonemas do celular que estava carregando em casa e que não era do conhecimento da PM, pois às 00h. e 30 minutos, quando TODOS já sabiam do assassinato, ligaram novamente do Quartel, numa teentativa de localizar o celular que deveria estar na cena do crime e que prova claramente que o Tenente foi chamado como militar e não como civil, caso contrário ele não estaria em uma Viatura Militar e acompanhado de dois PMs fardados. Esta guarnição estava em atividade particular ou policial? São tantas dúvidas..."

Matéria relacionada

Cassilândia: soldado que matou comandante pode ir a Júri

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)