Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/05/2012 17:33

Cassilândia: irmã questiona competência judicial

Bruna Girotto

O Cassilândia News publicou ontem (9) uma matéria informando que o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul reconheceu a Justiça Comum, e não a Militar, como competente para julgar o crime que matou o comandante da Polícia Militar José Eufrásio da Silva.

A irmã do comandante, Maria Aparecida Eufrásia da Silva, encaminhou e-mail ao Cassilândia News nesta tarde afirmando ter muita dúvida se Eufrásio estava em atividade particular ou policial quando foi morto, questionando assim, a decisão do TJMS:

"É difícil entender como o Tenente Eufrásio foi parar na casa do Paulão. Ele não foi chamado por telepatia: às 22h. e 56 min. o Sd Carapiá ligou para ele; às 22h. e 58 min. ele ligou no Quartel; às 23h. e 06 min. ligaram para ele do Quartel. Ele atendeu todos os telefonemas do celular que estava carregando em casa e que não era do conhecimento da PM, pois às 00h. e 30 minutos, quando TODOS já sabiam do assassinato, ligaram novamente do Quartel, numa teentativa de localizar o celular que deveria estar na cena do crime e que prova claramente que o Tenente foi chamado como militar e não como civil, caso contrário ele não estaria em uma Viatura Militar e acompanhado de dois PMs fardados. Esta guarnição estava em atividade particular ou policial? São tantas dúvidas..."

Matéria relacionada

Cassilândia: soldado que matou comandante pode ir a Júri

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)