Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/08/2010 11:26

Cassilândia: instaurada ação civil contra médicos

No último dia 30, o Ministério Público Estadual ingressou com Ação Civil Pública em face dos médicos Carlos Roberto Lucenti Geremonte, Eltes de Castro Paulino, José Aparecido Parreira, José Quaranta Filho, Luiz Umberto Cardoso, Michael Viana Cotrim Moreira, Paulo Cézar Abud e Sandro Roberto Esquerdo.

O autor da ação narrou na inicial que os requeridos são \\\"médicos contratados pelo município de Cassilândia e perceberam remuneração para a prestação de serviços médicos, porém, em várias oportunidades, em razão de atuarem em outras localidades, deixaram de prestar o serviço contratado com o Município local, assim em prejuízo ao sistema único de saúde e ao patrimônio público\\\".

O Ministério Público afirma ter havido \\\"lesão ao patrimônio público por que foi o Município de Cassilândia/MS quem pagou por estes serviços prestados. E mais: na maioria dos casos de jornadas simultâneas, o profissional recebeu do próprio Município (recursos/verbas públicas) em ambos os locais de trabalho, restando inegável o dano ao erário municipal\\\".

Nesta segunda (16), o juiz Silvio Prado disponibilizou no processo virtual (Autos n. 007.10.002772-1) o despacho inicial, notificando os réus para em 15 dias oferecerem manifestação por escrito. Intimou também o município de Cassilândia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)