Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/05/2016 10:10

Cassilândia - Governo entrega licença para projeto de 20 usinas fotovoltaicas

Redação
Desenho: neo solarDesenho: neo solar

Na manhã de hoje (9), o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, entregou a Licença Prévia (LP) de instalação para 20 projetos de usinas solares fotovoltaicas (que produzem energia elétrica a partir dos raios solares para distribuição e comercialização) para a empresa espanhola Solatio Energia Project Management na Região do Bolsão.

“Dentro do projeto Estado Carbono Neutro trabalhamos a mudança de nossa matriz energética (com a implantação do) e implantando o conceito de energia limpa e renovável. Já estamos agindo nesse sentido com o estímulo às usinas termelétricas de biomassa. Tem sido uma ação integrada da Semade com o Imasul para dar resposta às demandas que temos recebido de forma célere e responsável. Nosso foco agora é o da energia fotovoltaica e a entrega dessa licença é de grande importância, pois abre a perspectiva de um novo negócio para o Estado”, afirmou o secretário Jaime Verruck.

O empreendimento tem investimento previsto de R$ 7,5 bilhões na construção de 20 usinas solares fotovoltaicas em uma área total de 3.700 hectares distribuídos nos municípios de Cassilândia e Paranaíba, na região do Bolsão.

Quando concluídas, as usinas juntas terão capacidade de gerar 1200 MW (energia suficiente para abastecer 600 mil residências). O projeto, de acordo com os representantes da Solatio, Luiz Gustavo Gallo Villa e Rafael Navarro, que receberam a LP das mãos do secretário Jaime Verruck, é o maior do país. “Cassilândia e Paranaíba já são os maiores projetos da Solatio, são o maior projeto brasileiro e um dos maiores do mundo. Não é algo que deverá ficar somente no papel.”, afirmou Luiz Gustavo.

Informações do Correio do Estado, jornalista Valquiria Oriqui

O QUE É?

 

Energia solar fotovoltaica


Os sistemas fotovoltaicos são capazes de gerar energia elétrica através das chamadas células fotovoltaicas. As células fotovoltaicas são feitas de materiais capazes de transformar a radiação solar diretamente em energia elétrica através do chamado “efeito fotovoltaico”. Hoje, o material mais difundido para este uso é o silício.

 

O efeito fotovoltaico acontece quando a luz solar, através de seus fótons, é absorvida pela célula fotovoltaica. A energia dos fótons da luz é transferida para os elétrons que então ganham a capacidade de movimentar-se. O movimento dos elétrons, por sua vez, gera a corrente elétrica.
As células fotovoltaicas podem ser dispostas de diversas formas, sendo a mais utilizada a montagem de painéis ou módulos solares. Além dos painéis fotovoltaicos, também se utilizam filmes flexíveis, com as mesmas características, ou até mesmo a incorporação das células em outros materiais, como o vidro. As diferentes formas com que são montadas as células se prestam à adequação do uso, por um lado maximizando a eficiência e por outro se adequando às possibilidades ou necessidades arquitetônicas.

 

Quanto aos sistemas fotovoltaicos, estes podem ser divididos em dois grandes grupos: sistemas isolados (off-grid) e sistemas conectados à rede (grid-tie). Os sistemas isolados são aqueles que não se integram a rede elétrica e geralmente são utilizados em locais remotos ou onde o custo de acesso a rede é maior que o custo do próprio sistema. Normalmente estes sistemas utilizam bateria para armazenar a energia. Já os sistemas conectados à rede servem como qualquer outra forma de geração de energia que utilizamos a partir da rede elétrica e são utilizados como substitutos destas outras fontes de energia. Neste caso não há necessidade de armazenamento.

Informação de  Neosolar

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)