Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/05/2007 06:35

Cassilândia: depoimento reafirma corrupção na prefeitura

Humberto Marques/Campo Grande News

O servidor público municipal Orange Resende e Silva ofereceu à Polícia Civil de Cassilândia informações que “esclareceram alguns aspectos obscuros” e auxiliam na comprovação da existência de um esquema de corrupção dentro da prefeitura do município. A afirmação é do delegado Paulo Henrique Rossetto, ao justificar a liberação de Silva – que, ao prestar informações sobre o caso, tornou-se o terceiro detido durante a “Operação Judas” a ser solto pelas autoridades (ao lado de Luceni Quinina Correia e Eugênio Luiz Azambuja).

Rossetto destacou que, na quarta-feira (9 de maio), Orange Silva foi ouvido pelas autoridades, ocasião em que reafirmou fatos de seus depoimentos anteriores e esclareceu alguns pontos controversos da investigação. “Ele nos forneceu dados que nós não tínhamos ainda”, destacou o delegado, evitando dar mais detalhes para não comprometer o andamento das investigações.

Dentre as informações prestadas, está a origem de R$ 71 mil que foram encontrados com um amigo de Silva – e que o mesmo afirmou ser “dinheiro lícito”, e fatos que o servidor público havia presenciado na administração municipal. Ele trabalhava em um setor anexo à Tesouraria da prefeitura cassilandense, local onde teriam se desenrolado alguns dos fatos investigados pelas autoridades.

“Orange [Silva] trabalhava ao lado, e presenciou fatos que comprovam o esquema de corrupção”, salientou o delegado Rossetto. Segundo ele, embora o inquérito tenha sido finalizado, as autoridades ainda juntam provas a serem anexadas ao processo que está na Justiça. “Nada impede de introduzirmos novas provas para esclarecer o fato, anexando-as aos autos”, complementou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)