Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/05/2006 13:55

Cassilândia -Autoridades chegam a acordo sobre segurança

Os prefeitos, promotores e juízes que se reuniram na manhã de hoje na sala de juri do Fórum de Cassilândia, chegaram a um consenso sobre ações imediatas que devem ser tomadas com relação a segurança em nossa região. Ficou acertado que a Prefeitura de Costa Rica contribuirá com R$ 500.00, a Prefeitura de Chapadão do Sul com R$ 1 mil, e a Prefeitura de Cassilândia juntamente com a Câmara Municipal contribuirão com cerca de R$ 2 mil mensais. O dinheiro será destinado ao Conselho da Comunidade, entidade responsável pelo apoio as ações emergênciais que são realizadas no Presídio Local. O pagamento terá inicío já no próximo mês.

Participaram da reunião as seguintes autoridades: os promotores Fábio Ianni Goldfinger e Ronaldo Vieira Francisco, Juiz da Comarca de Cassilândia Dr. Ronaldo Gonçalves Onofre, Marcos Góes, diretor da Unidade Penal de Cassilândia, sub-comandante da Policía Militar Tenente Silvio de Oliveira, Delegado da Policía Civil Paulo Henrique Rosseto de Souza. O Prefeito de Costa Rica Waldelli dos Santos Rosa, o Vice-Prefeito de Chapdão do Sul Paulo Rodrigues da Cunha (Paulão), e também os promotores de Costa Rica e Chapadão do Sul.

O Prefeito José Donizete, ao final da reunião disse estar bastante satisfeito com o apoio e o entendimento do problema por partes das autoridades das outras cidades, "nós desde que assumimos temos trabalhado incansavelmente pela integração regional, porque achamos que o caminho melhor que existe é o do diálogo e o da união. E quando observamos que num assunto tão importante como esse que é questão da segurança, todos querem ajudar, nós temos a certeza que estamos no caminho correto",disse.

O diretor da Unidade Penal de Cassilândia, Marcos Góes em sua fala durante a reunião destacou os gastos que Cassilândia tem com detentos de outras cidades, "nós temos que fazer ações emergênciais no tocante a saúde, e uma melhor assitência penitênciária, que não dá tempo de esperarmos a burocracia de licitações. E com isso, o Conselho da Comunidade de Cassilândia acaba arcando com todos os custos",disse.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)