Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

31/05/2012 11:28

Cassilândia: audiência sobre o crack acontece hoje

Portal ALMS

Cassilândia, município distante 428 km da Capital, receberá especialistas e autoridades para debater o “Enfrentamento e Combate ao Crack”. A audiência pública, que será realizada na sede da Câmara Municipal, nesta quinta-feira (31/5), a partir das 19h, é proposta pelo deputado estadual Eduardo Rocha, líder do PMDB na Assembleia Legislativa.

Na programação estão previstas palestras com representantes de vários setores que trabalham com o combate às drogas, do prefeito de Cassilândia Carlos Augusto da Silva, do presidente da Câmara, vereador Valdecy Pereira da Costa, e outras autoridades. Também foram convidados representantes da Setas (Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social).

Esta será a nona audiência para debater o combate ao crack. Outras já foram realizadas em Campo Grande, Três Lagoas, Ponta Porã, Costa Rica, Bataguassu, Aparecida do Taboado, Brasilândia e Corumbá.

Para Rocha, é preciso um esforço conjunto para combater o crack, considerado o “mal do século”. O parlamentar destaca que pretende provocar uma discussão com foco na prevenção, juntamente com ações de repressão e ressocialização, chamando a atenção para a gravidade e o poder de destruição junto à sociedade e as famílias.

Projeto de lei – Projeto de lei de autoria do deputado Eduardo Rocha, que institui a Semana de Enfrentamento e Combate ao Crack, foi aprovado em maio do ano passado. Conforme o projeto, que agora se tornou lei, toda terceira semana do mês de junho será dedicada à norma.

Pela proposta, nesta semana serão realizadas diversas atividades com a participação da sociedade, do Cead/MS (Conselho Estadual Antidrogas de Mato Grosso do Sul) e dos demais órgãos que compõem o Sistema Estadual Antidrogas em eventos para o enfrentamento e combate ao crack, como debates, palestras nas escolas e em locais públicos, objetivando a conscientização da população em geral acerca dos efeitos que essa droga exerce no organismo, bem como de seu alto poder destrutivo, tanto no ambiente familiar quanto na comunidade em geral.

As estatísticas apontam que o crack é hoje responsável por 39% dos atendimentos psiquiátricos. O número de usuários do crack no Brasil já está em torno de 1,2 milhão e a idade média para início do uso da droga é de 13 anos. O número é uma estimativa feita com base em dados do censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas). Os especialistas apontam que os países gastam de 0,5% a 1,3% do PIB (Produto Interno Bruto) com o combate e tratamento ao uso dessa droga.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)