Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/04/2009 10:15

Cassilandense tem blog em Jacobina

O cassilandense Corino Rodrigues, residindo hoje em Jacobina, na Bahia, tem agora o seu blog www.corino.alvarenga.zip.net


Conheça um pouco Jacobina

Jacobina é um município brasileiro do estado da Bahia. Localiza-se a uma latitude 11º10'50" sul e a uma longitude 40º31'06" oeste, estando a uma altitude de 463 metros. Sua população estimada em 2004 era de 76 479 habitantes. Possui uma área de 2328,92 km². O município foi criado em 1722.

Rodeada por serras, morros, lagos, rios, fontes e cachoeiras, Jacobina se apresenta como um excelente destino para os apreciadores do turismo ecológico. Situada na região noroeste da Bahia, no extremo norte da Chapada Diamantina, Jacobina fica a 330 quilómetros de Salvador e é também conhecida como Cidade do Ouro, uma herança das minas de ouro que atraíram os bandeirantes paulistas no início do século XVII.

Além das belezas naturais e das minas, Jacobina possui um rico patrimônio histórico-cultural. Bem servida de meios de hospedagem, Jacobina hoje conta com 530 leitos, distribuídos em 241 apartamentos de 13 hotéis e pousadas. O turista pode contar com bons apartamentos, bons serviços, deliciosos cafés-da-manhã e guias para percorrer a região.

História
Data dos primórdios do século XVII o início do devassamento do território de Jacobina por aventureiros em busca de ouro. Foram os primeiros povoadores da região Melchior Dias Moreira, Antônio Brito Correia e, mais tarde, os Guedes de Brito. Estes últimos, acompanhados de vários colonos e escravos, dedicaram-se a agricultura e à criação de gado. O desenvolvimento destas atividades e a alta produção de ouro das minas determinaram a criação de um arraial à margem do Itapicuru-Mirim, onde, rápida mas desorganizadamente, reuniu-se uma população bastante heterogênea. Ao inteirar-se dos bons resultados da mineração, a Coroa Portuguesa, em 1722, elevou o povoado à categoria de vila com o nome de Vila de Santo Antônio de Jacobina e sede na Missão de Nossa Senhora das Neves do Saí, aldeia indígena fundada por franciscanos em 1697. Desse lugar, distante das minas, foi a sede transferida em 1724 para a Missão do Bom Jesus da Glória, outra aldeia de índios, também fundada por franciscanos, em 1706, e que ali construíram a igreja e o convento do Bom Jesus da Glória. Em 1726, por Provisão do Conselho Ultramarino, de 13 de maio, o governo da Metrópole mandou criar uma casa de fundição em Jacobina, instalada a 5 de janeiro de 1727. O resultado foi surpreendente, arrecadando- se em dois anos cerca de 3.841 libras de ouro.

Formação Administrativa
O distrito de Jacobina foi criado em 1720 e o Município a 24 de junho de 1722. A criação da freguesia somente se verificou em 1752. A sede municipal foi elevada à categoria de cidade pela Lei provincial n.º 2.049, de 28 de julho de 1880, com o título de "Agrícola Cidade de Santo Antônio de Jacobina". O Município compreende 6 distritos: Jacobina (sede), Caatinga do Moura, Itaitú, Junco, Paraiso e Lages do Batata

Emacipou-se de jacobina: Varzéa Nova (1985), Capim Grosso (1985) Ourolandia (1989)e São José do jacuipe (1989)

Micareta
Segundo historiadores de toda cidade e capital a primeira Micareta nasceu em Jacobina no ano de 1933, quando o jornal jacobinense O Lidador, procurava um motivo para festejo.

Economia
Tem como principal fonte de renda o comércio a extração de ouro, lojas de roupas, autopeças, postos de combustível, hotéis e restaurantes, fábricas no setor de calçados sendo centro da Microrregião de Jacobina fazendo limites com Capim Grosso, Ourolândia, Várzea Nova, Miguel Calmon. Tem como distritos Junco (40km do centro), Lages do Batata (30km do centro), Cachoeira Grande (cerca 20km do centro), Paraíso (30km do centro). Possui ainda pequenos povoados como Cafelândia, Várzea de Dentro, Barrocão de cima e baixo, Barro Vermelho. Seus Bairros são: Serrinha, Dos Índios, Jacobina I,II,III,IV,V,VI; Mutirão, Caixa D`água, Leader, Bananeira, Alto da Missão, Mundo Novo, Catuaba, Riachinho, Gonçalo, Inocoop, Nazaré, Lagoinha, Monte Tabor, Rua Otacílio Souza, Haiti, Grotinha, Vila Feliz, Lagoa de Antonio Teixeira Sobrinho. Jacobina é banhada pelos rios Itapicuru-mirim, Riachinho, Rio Do Ouro, Pontilhão 1 e 2, Riacho da Serrinha, Riacho de Contas, Sete-Quedas, Cachoeira dos Alves, Véu das Noivas, Do Aníbal Augusto.


Fonte: Wikipédia

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)