Cassilândia, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

21/01/2005 09:45

Casos de dengue diminuíram 69% em média em 2004

Cecília Jorge/ABr

No ano passado, os casos de dengue no país diminuíram, em média, 69,41%, em relação a 2003. O Acre foi o único estado a registrar crescimento da doença nesse período, equivalente a 256%. Foram 1.514 ocorrências em 2003, contra 5.395 em 2004. O estado do Paraná teve a maior redução na transmissão da dengue no país (99%), com apenas 92 notificações em 2004.

O balanço faz parte do boletim divulgado pela Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), do Ministério da Saúde. Os dados são enviados pelas secretarias estaduais de Saúde e ainda podem sofrer alterações porque alguns casos suspeitos da doença ainda estão sendo investigados.

Em 2004, 105.894 pessoas contraíram a dengue, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti . Destas, 60 tiveram o tipo hemorrágico, sendo registradas duas mortes, uma em Alagoas e outra em Minas Gerais. Em 2005, foram registrados 472 casos, mas apenas três estados enviaram informações até o momento.

As regiões Sul e Nordeste foram as que apresentaram os maiores índices de redução da doença, 96,1% e 81,46%, respectivamente. No Sudeste, dois estados concentram mais de 80% de todos os casos: Minas Gerais e Espírito Santo. Com 28.436 casos, o Norte foi o que apresentou menor redução da doença, 32,2%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 22 de Fevereiro de 2017
Terça, 21 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)