Cassilândia, Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2019

Últimas Notícias

17/01/2019 07:40

Casos aumentam 88% e epidemia de sífilis se alastra na Capital

Correio do Estado

 

Campo Grande passa por uma explosão de casos de sífilis. Transmitida de uma pessoa infectada para outra, principalmente durante o sexo desprotegido, a doença atingiu 3.312 pessoas na Capital, somente no ano passado, e já é considerada uma epidemia. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau) e também mostram que, de 2017 para 2018, houve um aumento de 88,50% no número de casos diagnosticados.

Conforme a chefe do Serviço IST/Aids da Sesau, Denise Leite Lima, o principal motivo para o aumento nos casos está na falta de prevenção, e os mais afetados são os jovens de 15 a 34 anos e os idosos, que aparecem como a faixa etária em que a incidência da doença mais cresceu. “Realmente as pessoas não estão se prevenindo, não estão usando o preservativo em nenhuma das relações. A gente bate na tecla do uso correto do preservativo em todas as relações, mas as populações jovem e idosa têm dificuldade de entender que precisa se prevenir. Os jovens porque ainda não se atentaram aos riscos do sexo sem proteção e os idosos por questões culturais, muitas vezes machistas”, considera.

Porém, não é só no sexo desprotegido que acontece a transmissão da doença. A sífilis é infecciosa, causada pela bactéria Treponema pallidum, e também é transmitida por meio de transfusão de sangue ou de uma mãe infectada para o bebê, durante a gestação ou no parto. Em Campo Grande, os casos em gestante aumentaram 20%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 21 de Fevereiro de 2019
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Quarta, 20 de Fevereiro de 2019
10:00
Receita do dia
06:38
Cassilândia
Terça, 19 de Fevereiro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)