Cassilândia, Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2019

Últimas Notícias

02/02/2018 08:40

Caso suspeito de febre amarela em investigação é de morador de Deodápolis

Campo Grande News

O caso suspeito de febre amarela em investigação pelo Ministério da Saúde é de um morador de Deodápolis – a 252 quilômetros de Campo Grande. A Secretaria de Estado de Saúde, afirma que este é o único caso em investigação.

Ainda não há mais detalhes sobre o paciente. No entanto, a secretaria revelou ao Campo Grande News já solicitou o histórico dele com o município.

No início da semana o Ministério da Saúde divulgou boletim atualizado da doença no Brasil e conforme quadro em Mato Grosso do Sul haviam cinco notificações, três casos descartados em dois em investigações.

Porém, conforme a assessoria da SES, os casos notificados se referem quando o paciente dá entrada em uma unidade de saúde com sintomas da doença. Após a triagem e exames as notificações são descartadas ou colocadas em investigação.

Ainda segundo a secretaria, um dos dois casos investigados, que foi divulgado em boletim do ministério já foi descartado. Ele se referia a morte de uma indígena, que apresentava sintomas da doença, no entanto, a hipótese foi descartada após resultado de exames. O dado ainda não foi atualizado pelo ministério.

A nível nacional, no período de monitoramento de 1º de julho do ano passado a 30 de janeiro de 2018, foram confirmados 213 casos de febre amarela, sendo que 81 morreram. Ao todo, foram notificados 1.080 casos suspeitos, sendo que 432 foram descartados e 435 permanecem em investigação, neste período.

O ministério reforça que a febre amarela é transmitida por meio de vetor (mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes no ambiente silvestre). O último caso de febre amarela urbana foi registrado no Brasil em 1942, e todos os casos confirmados desde então decorrem do ciclo silvestre de transmissão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 21 de Fevereiro de 2019
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Quarta, 20 de Fevereiro de 2019
10:00
Receita do dia
06:38
Cassilândia
Terça, 19 de Fevereiro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)