Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Maio de 2019

Últimas Notícias

03/02/2019 13:30

Caso Halley: Família de mulher morta por executivo divulga carta psicografada

Midiamax

Um ano após a morte de Halley Coimbra, morta em Três Lagoas pelo ex-marido Renato Bastos Ottoni, de 62 anos, a família da vítima afirma ter recebido uma carta psicografada da mulher, alvo de feminicídio no auge dos 38 anos. O texto, divulgado por familiares, fala sobre a necessidade de perdoar e das dificuldades de um encontro póstumo entre assassino e vítima.

Em entrevista ao Jornal Hoje Mais, Délia Coimbra, mãe de Halley, contou que no último dia 19 foi até o túmulo da filha e, em oração, pediu que se a vida continuasse, que a filha falasse com ela. No mesmo dia, veio a mensagem atribuída a Halley dizendo que a vida não acaba.

“Eu não sei descrever o que eu senti; mas, agora estou mais fortalecida. A mensagem tem detalhes que me fazem acreditar que é minha filha que estava ali. Ela falou do pai, o chamou de Faustinho – apelido que somente nós o chamávamos em casa. E a assinatura no final da mensagem, é a dela”, disse.

Confira o texto na íntegra
Mensagem Psicografada de Halley

“Minha mãe Délia, eu estou aqui mãe, meu pai Faustinho me amparou ali mesmo na hora em que tudo aconteceu e o Renato perdeu a cabeça e fez o que sabem, eu não sofri mãe.

O Renato está ainda internando necessitando de cuidados necessários, eu ainda não fui vê-lo, porque ele não está pronto para me ver, não devo olhar para ele com olhos de acusação, só o perdão nos liberta.

Minhas filhas amadas Dominique, Luna, Lis a mãe não as esquece nunca, a mãe tá bem e viva. Meus irmãos queridos Rafaela e Rogeriane que Deus abençoe a todos. Mãe não guarde magoa os doentes não sabem o que fazem, ele não está perto de mim aqui não mãe, fica tranquila, Deus não deixa o mal seguir. Mae estude, compreende que a vida não acaba, por favor, se cuide, não pense que ele me matou, ele apenas me trocou de lugar, continuamos a viver, nossa consciência se encarrega de cobrar cada um na hora exata.

Eu sei mãe que o crime choca que a dor existe em teu coração, mas segue perdoando mãe, e cuide das minhas filhas, eu te amo, eu amo todos vocês.

De verdade eu não acreditava que ele faria o que fez, por isso não me protegi. Fiquem todos com Deus, com meu grato amor da sua amada Halley Coimbra Ribeiro Junqueira”.

O crime
No dia 14 de janeiro de 2018, por volta das 18 horas, a filha de Halley Coimbra, uma adolescente de 15 anos, estava no quarto e ouviu disparos de arma de fogo e gritos de socorro da mãe, que estava na cozinha, pedindo pelo amor de Deus para seu ex-padrasto não fazer ‘aquilo’.

Foi quando a adolescente ouviu o terceiro disparo e ao chegar à cozinha percebeu que o portão tinha sido acionado e o autor estava fugindo em seu veículo. Outras duas crianças, de 3 e 6 anos, estavam na sala no momento do crime.

Halley foi morta com três tiros, sendo que um atingiu a cabeça e ficou alojado na nuca e outros dois nas costas da vítima. O casal estava separado desde setembro de 2017 e vinha em litígio por desacordos no valor da pensão dos filhos.

Dois dias depois do crime o corpo de Renato foi encontrado na cidade de Castilho em São Paulo. Ele teria se suicidado com um tiro na cabeça.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 19 de Maio de 2019
13:49
Costa Rica
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
05:03
Campeonato Brasileiro de Futebol
Sábado, 18 de Maio de 2019
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)