Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/04/2008 09:35

Caso Calabresi: doméstica também pede exame de sanidade

TJGO

Na defesa prévia da doméstica Vanice Maria Novaes, protocolada ontem (15) na 7ª Vara Criminal de Goiânia, a advogada Rosângela Borges de Freitas Vieira requereu a quebra do sigilo telefônico celular e fixo da empresária Sílvia Calabresi e, ainda, a realização de perícia psicológica em sua constituinte. Ajuizadas anteontem, também chegaram ontem ao juiz José Carlos Duarte as petições de defesa prévia de Sílvia e de seu marido e filho, engenheiro Marco Antônio Calabresi, e Thiago Calabresi Lima. Os autos já estão com a defesa de Joana D´Arc, que deverá se manifestar até quinta-feira.

De acordo com a defesa de Vanice, é necessária a quebra do sigilo telefônico de Sílvia para que se comprove que, ao contrário do que a empresária alegou, era ela, e não Vanice, quem ligava freqüentemente para sua residência a fim de perguntar à doméstica se estava cumprindo suas “ordens” no sentido de castigar L. Quanto à perícia psicológica, a defesa pretende verificar a sanidade mental de Vanice, bem como seu coeficiente de inteligência (QI), com o objetivo de que seja avaliada sua capacidade de “resistir a ordens”. Com relação a Marco Antônio e Thiago, foi alegado que ambos não sabiam dos crimes supostamente praticados contra L.

Sílvia e Vanice foram acusadas de tortura, maus-tratos e cárcere privado cometidos contra a menor L., de 12 anos, enquanto Marco Antônio e Thiago, por omissão a tortura. Por sua vez, Joana D´Arc responde sob acusação de ter entregue sua filha a Silvia em troca de dinheiro. Em seus interrogatórios, os três últimos permaneceram em silêncio vez que aguardam decisão sobre suspensão condicional do processo em relação a eles. Já Sílvia assumiu parte das acusações enquanto Vanice disse que tudo o que fez foi a mando da patroa, que a ameaçava de morte. (Patrícia Papini)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)