Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Últimas Notícias

25/07/2013 18:36

Casal improvisa aquecedor com carvão no quarto e morre intoxicado

Roberto Alexandre, Araçatubanews

 

Um casal morreu asfixiado na madrugada desta quinta-feira (25), em uma residência do bairro Copacabana, em Guararapes. Para combater o frio, o casal improvisou, no quarto, um aquecedor usando uma lata de látex e carvão.

A morte foi provocada pela inalação de grande quantidade de monóxido de carbono (CO). As vítimas foram identificadas como sendo o motorista Sérgio José de Oliveira, 63 anos, e a dona de casa Maria Izabel Macedo de Oliveira, 61 anos. A princípio, a polícia até chegou a suspeitar de possível homicídio ou suicídio, mas após analisar o local, a hipótese mais considerada foi de morte por intoxicação.

Segundo o delegado titular de Guararapes, Abelardo Gomes, os corpos foram encontrados pela filha das vítimas. Desesperada, a menina pediu ajuda aos vizinhos, que acionaram a Polícia Militar. Assista entrevista com o delegado abaixo.

O delegado explicou, durante entrevista a reportagem do Araçatuba News, que pela rigidez dos corpos, o casal morreu entre a noite de quarta-feira e início da madrugada de hoje.

De acordo com informações apuradas no local, a mulher teria tentado levantar da cama para pedir ajuda, mas já havia inalado muito gás e caiu próximo a cama.

O monóxido de carbono é altamente perigodo. À medida em que o carvão queima, a concentração do gás tóxico no ar aumenta e pode ser fatal. (Com Ester Leão).

MONÓXIDO DE CARBONO

O monóxido de carbono resulta de uma combustão incompleta de combustíveis sólidos (carvão, lenha), líquidos (petróleo, gasolina, gasóleo) ou gasosos (gás natural, butano, propano). As braseiras e grelhadores a carvão, bem como lareiras e salamandras a lenha levam, também, à acumulação deste gás em locais mal ventilados.

O monóxido mistura-se com facilidade na atmosfera de uma habitação, sem que as vítimas tenham consciência disso. Penetra no organismo através da respiração e a sua toxicidade varia em função da concentração, da duração da exposição e da susceptibilidade individual, sendo os grupos de maior risco as crianças e idosos.

Os efeitos nocivos deste gás manifestam-se por sintomas tais como dores de cabeça, falta de forças, vertigens, sonolência, vômitos, perda de consciência e, em situações mais graves, pode levar à morte.

Em caso de intoxicação por monóxido de carbono:

• Areje o local, abrindo portas e janelas;

• Desligue todos os aparelhos que possam estar na origem do acidente;

• Retire a vítima do local e leve-a para um espaço arejado ou mesmo para a rua;

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)