Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/01/2013 12:00

Cartão de crédito: especialista dá dicas para quitar dívidas

Pesquisa mostra que 27,99% dos usuários são inadimplentes

Agência Rádio

A alta no índice de inadimplência do consumidor brasileiro, recentemente divulgada pelo Serasa, chegou a quase 15 por cento se comparado com o fim de 2011. E por causa disso os principais bancos do País estão promovendo uma campanha para renegociar parte das faturas atrasadas. Segundo dados do Banco Central, a inadimplência, atraso com mais de 90 dias, em cartões de créditos atinge quase 28 por cento dos usuários. Os consumidores têm algumas opções para quitar as dívidas. Alguns bancos oferecem a renegociação do saldo devedor com taxa de juros a partir de 1,5 por cento ao mês. Outros bancos ainda oferecem aos clientes a opção de renegociar a dívida pela internet, pelo caixa eletrônico, por contato telefônico ou pelo atendimento nas agências. O professor da Universidade de São Paulo, USP, Alexandre Nicolela, destaca que os juros são o grande problema dos devedores e dá uma dica para quitar o débito.

"A situação é que se ele não consegue pagar, o problema é que a taxa de juros do cartão é um taxa muito alta. A principio ele tem que falar com a operadora de cartão para ver se ele consegue parcelamento. Ele deve procurar o seu banco e conversar, ver se consegue dividir essa taxa, a taxas mais convidativas. Uma solução possível para isso é você pegar um empréstimo e você pagar o cartão e refinanciar as taxas de juros um pouco mais em conta do que prestação de crédito", afirmou o professor de economia da USP, Alexandre Nicolela.

Alexandre Nicolela, ainda destacou que para o consumidor ter mais controle com os gastos é melhor andar com dinheiro na carteira do que com o cartão de crédito. Pois assim, a pessoa vai saber o quanto vai poder gastar. É o caso da empreendedora individual, Maria Nativa, que sofreu por causa dos juros da dívida e hoje não usa mais cartões de crédito.

Maria Nativa, empreendedora individual, afirmou: "Naquele momento vem a alegria depois vem o que você sabe que vai vir. Vou pagar o mínimo, vou pagar o mínimo. E a conta vai só crescendo. E chegou uma hora que eu não tinha mais como controlar. Mas depois que eu paguei tudo, eu falei: Não, a partir desse momento você já cancela. E antes de eu entrar em acordo e já quebrei logo todos. Então, eu deito tranquila e levanto tranquila porque esse pesadelo eu tenho fé em Deus que na minha mão não vem mais não."

Para quem deseja quitar as dívidas, os bancos ainda oferecem financiamentos a longo prazo chegando até 36 parcelas, dependendo da proposta do banco.

Reportagem da Agência Rádio, por Rodrigo Nunes

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)