Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

Últimas Notícias

16/02/2008 08:22

Carne: Delcídio propõe ação conjunta

Cadu Bortolotto

O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) disse nesta sexta-feira em Maracaju, durante visita ao Showtec 2008, que a solução para os problemas econômicos provocados pela febre-aftosa em Mato Grosso do Sul, como o embargo da União Européia à carne bovina produzida no Estado, passa por acordos bilaterais envolvendo os governos do Brasil, Paraguai e Bolívia.

- Não podemos continuar realizando ações isoladas porque esse é um problema que merece uma ação integrada com os países vizinhos. Foi assim que os Estados Unidos resolveram a questão da febre-aftosa ainda na década de 40 do século passado, unindo forças e investindo nos seus vizinhos México e Canadá. Aqui devemos fazer a mesma coisa em relação ao Paraguai e a Bolívia – comentou o senador, que aproveitou para encaminhar a proposta ao ministro da Agricultura e Pecuária, Reinold Stephanes, também presente ao evento, que é promovido pela Fundação MS Para Pesquisa e Difusão de Tecnologias Agropecuárias.

Delcídio solicitou também uma reunião de toda a bancada de Mato Grosso do Sul com o ministro Reinold Stephanes, em Brasília, já no início da próxima semana, para expor a preocupação com os efeitos da medida da União Européia à economia sul-mato-grossense.



“Como na Showtec estão vários parlamentares da nossa bancada, aproveitamos a presença do ministro para fazer uma prévia dessa reunião, pois não podemos aceitar o embargo imposto pela União Européia, depois de tanto esforço e investimento em vacinação, rastreamento e monitoramento, e no momento em que os pecuaristas de Mato Grosso do Sul estavam começam a tomar fôlego. Esse embargo é, no mínimo, injusto”, declarou o senador.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)