Cassilândia, Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2018

Últimas Notícias

09/02/2018 16:00

Carnaval não é desculpa para assédio; saiba o que fazer se for vítima

Midiamax

É carnaval e tempo de diversão. Para todos! Mas sabemos que o assédio sexual e a violência ainda são ameaças às mulheres, comportamento que pode ser agravado devido às comemorações carnavalescas. Pensando nisso, preparamos um material com o intuito de orientar as mulheres sobre o que fazer se for assediada.

É importante denunciar imediatamente. A vítima precisa precisa procurar ajuda e conseguir o máximo de informações possível para identificar o agressor. Confira algumas dicas do que você precisa saber se for assediada.

Procure ajuda
Nos locais destinados a carnaval de rua, sempre haverá policiais e guardas municipais realizando a segurança dos eventos. De acordo com a subsecretária estadual de políticas públicas para as mulheres Luciana Azambuja, todos os militares estão capacitados para atender as mulheres e colocá-las em segurança. Quando a folia é em estabelecimentos ou clubes, o conselho é buscar ajuda com os seguranças do local

Chame uma amiga
Em circunstâncias de assédio, o nervosismo é certo. Por isso, é bom chamar alguém conhecido e de confiança para ajudar e receber amparo. A presença de outra pessoa pode até evitar que situação se agrave e ajudar no reconhecimento do agressor.

Reúna informações que identifique o agressor
Tente lembrar de informações que identifiquem o assediador, tais como características físicas, roupas, veículo, número da placa. Se conseguir uma foto, melhor ainda. A identificação do agressor é importante para que a denúncia leve a investigação e punição.

Vá à delegacia
Em todo o Estado as mulheres que sofrerem assédio ou agressão devem procurar uma delegacia de polícia e, na Capital, a Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) localizada na Casa da Mulher Brasileira, com funcionamento 24 horas.

Denuncie
Outra alternativa é o número 180, um canal para as mulheres denunciarem assédio. As informações são encaminhadas para a Segurança Pública e o Ministério Público de cada estado. A ligação pode ser realizada de qualquer telefone.

Campanha

Nesta sexta-feira (09) o Governo do Estado lança, através da Subsecretaria Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres, a campanha com as hashtags #carnavalsemassedio e #carnavalsemviolencia com posts nas redes sociais e spots no rádio. Segundo Luciana, o objetivo é encorajar as mulheres a denunciar e não sofrerem caladas.

“É carnaval, está calor, as pessoas usam roupas curtas, mas isso não dá direito para tocar, segurar, puxar o cabelo… Temos dito com tranquilidade que a paquera é liberada, mas assédio é crime. Não é não!”, enfatiza a subsecretária.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 22 de Fevereiro de 2018
10:00
Receita do dia
Quarta, 21 de Fevereiro de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)