Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/10/2004 14:50

Cardápios poderão ter informações sobre ingredientes

Agência Câmara

A Câmara vai analisar o Projeto de Lei 4234/04, do deputado Mário Heringer (PDT-MG), que obriga restaurantes, bares e lanchonetes a especificarem os ingredientes utilizados nas comidas ou bebidas servidas. De acordo com o autor, a proposta tem o objetivo de proteger a saúde do cidadão e cumprir determinação do Código de Proteção e Defesa do Consumidor (8078/90).
A lei determina que o cidadão tem o direito à informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade, preço e sobre os riscos que porventura possam apresentar.

Composição dos alimentos
Pelo projeto, esses estabelecimentos serão obrigados a apresentar em seus cardápios lista detalhada, completa e legível dos ingredientes de cada um dos pratos comercializados, inclusive molhos, temperos e acompanhamentos. Caso comercializem alimentos por peso ou por meio de auto-serviço, ficarão obrigados a apresentar a lista na forma de avisos impressos anexos à identificação de cada um dos pratos comercializados.
O projeto determina ainda que os estabelecimentos deverão informar, de modo claro e legível ao consumidor, se o produto contém glúten, como no trigo, cevada, malte, centeio ou em seus derivados; ou leite animal e seus derivados, como manteiga, queijo, nata, creme de leite e soro na composição dos pratos e bebidas servidos. Essa informação será feita por meio dos seguintes avisos: "contém glúten ou derivado" e "contém leite animal ou derivado". A proposta também estabelece que essas determinações se aplicam à venda de bebidas e para cardápios e informativos em braille.

A proposta tramitará em conjunto com os projetos 2604/03 e 1097/03, que estão sendo analisados pelo deputado Geraldo Resende (PPS-MS), relator das matérias na Comissão de Seguridade Social e Família. Depois, os PLs serão apreciados pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, em caráter conclusivo.

Reportagem - Daniel Cruz
Edição - Ana Felícia

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)