Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/08/2004 08:47

Candiota nega que tenha sido chantageado

Marcos Chagas/ABr

Brasília - O ex-diretor de Política Monetária do Banco Central Luiz Augusto Candiota desmentiu ontem ao corregedor-geral do Senado, senador Romeu Tuma (PFL-SP), que tenha sofrido qualquer tipo de achaque ou chantagem por parte de representantes da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Banestado. Reportagem publicada pelo jornal O Estado de São Paulo há cerca de 15 dias apontava Candiota e outros oito empresários, os quais não citou o nome, como vítimas de chantagem por parte de membros da CPMI.

Por conta das denúncias, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), determinou ao corregedor-geral que abrisse uma sindicância para investigar se procediam ou não as denúncias. Candiota foi a primeira pessoa a ser ouvida por Romeu Tuma. Num depoimento que não durou mais de 30 minutos, no gabinete do senador pefelista, o ex-diretor do BC ressaltou que no dia seguinte à publicação das denúncias telefonou ao jornal para que fosse publicado um desmentido sobre possíveis chantagens.

"Ele (Candiota) esclareceu que em nenhum momento foi pressionado, ou tenha havido tentativas de achaque ou chantagem", disse Tuma. O ex-diretor do Banco Central evitou a imprensa e não deu qualquer declaração sobre o depoimento. Ele deixou o gabinete por uma saída lateral enquanto os jornalistas o aguardavam na entrada principal do gabinete.

O senador Romeu Tuma pretente ouvir agora a jornalista Sônia Racy, responsável pela reportagem. Ele quer a "colaboração" da repórter no sentido que cite, nominalmente, os oito empresários que estariam sob chantagem de membros da CPMI. "Ela pode resguardar a fonte, mas seria interessante que pudesse nos passar os nomes dos empresários para que pudéssemos ouvi-los", disse o corregedor.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)