Cassilândia, Terça-feira, 16 de Julho de 2019

Últimas Notícias

27/06/2019 12:30

Candidatos inaptos em teste físico da PM e Bombeiros cobram prazo para recorrer

Campo Grande News

Os candidatos que apareceram como inaptos no resultado dos testes físicos do concurso para Polícia Militar e Corpo de Bombeiros reclamam de falta de informações para que possam recorrer. Também dizem que procuraram a banca responsável pela seleção, mas receberam como resposta apenas que devem aguardar a publicação em edital.

O TAF (Teste de Aptidão Física) foi realizado no dia 26 de maio e o resultado no dia 11 de junho. Os candidatos, cerca de 50, formaram grupos em redes sociais por estranharem que todos aparecem como inaptos no boletim divulgado neste mês.

Segundo uma candidata, de 34 anos, que prefere não ser identificada com medo de retaliações, o grupo procurou a SAD (Secretaria de Estado de Administração), porém a pasta informou que estas informações e outras dúvidas deveriam ser tiradas junto à Fapems (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul).

A candidata afirma que o tempo máximo do teste para oficial da saúde era de 12 minutos, mas que conseguiu fazer o percurso em 7 minutos. “Fui a primeira a chegar e fui inapta. Questionei a situação, houve problema com o chip no tênis? Me responderam ‘em hipótese alguma. Você tem que provar que está apta’”, relatou.

Segundo ela, apenas o chip do tênis foi entregue para participar do teste. O grupo solicitou as imagens feitas e que a própria Fapems sugeriu fazer requerimento, porém não há prazo para fornecer as imagens que poderiam ajuda-los. “Não sabemos no que reprovamos. A Fapems informou subentendendo que reprovou na corrida, mas não divulgaram os resultados da corrida individual”, reclama.

Também afirma que, por telefone, são orientados a encaminhar e-mail, entretanto não houve nenhuma resposta da fundação responsável. “Falaram para a gente aguardar o edital. São duas alternativas: houve falha no concurso ou fraude”, completa.

O Campo Grande News procurou a SAD e a Fapems. A pasta informou que as informações devem ser obtidas com a fundação. A Fapems também foi procurada pela reportagem, porém não houve resposta.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 16 de Julho de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Segunda, 15 de Julho de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Domingo, 14 de Julho de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)