Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/02/2005 14:48

Candidatos à presidência da Câmara defendem recesso

Ellis Regina / Campo Grande News

Os três candidatos que participaram hoje do debate sobre as principais propostas de campanha para a presidência da Câmara dos Deputados defendem a continuidade do recesso parlamentar. O candidato oficial do PT, Luiz Eduardo Greenhagh (SP), o dissidente petista Virgílio Guimarães (MG) e o candidato de oposição José Carlos Aleluia (PFL-BA), argumentaram que o recesso é fundamental para que o congressista mantenha contatos com a base parlamentar que o elegeu.

Durante debate organizado pela rádio CBN, o deputado José Carlos Aleluia defendeu, no entanto, a redução do recesso durante o mês de julho para que haja tempo suficiente para votar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). "O recesso é fundamental para que o deputado possa dialogar com os representados", disse.

Virgílio Guimarães, por sua vez, lembrou que qualquer mudança no período de recesso só pode ser realizada por uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Afirmou que o parlamento possui uma comissão representativa do Congresso Nacional durante o recesso e que é preciso colocar esse mecanismo para funcionar. "Temos que estabelecer um calendário. Não é possível recesso branco ou perda de dias", observou.

O deputado Luiz Eduardo Greenhalgh destacou que o deputado precisa voltar à sua base social para que o mandato não seja realizado apenas nas dependências da Câmara dos Deputados. Concordou, entretanto, que o recesso deve ser reduzido. "Há uma proposta neste sentido que me proponho a colocar em votação", explicou.

Os candidatos avulsos Severino Cavalcanti (PP-PE) e Jair Bolsonaro (PFL-RJ) não foram convidados para participar do debate. A eleição para nova Mesa Diretora da Câmara ocorre no dia 14 de fevereiro, quando os 513 deputados vão eleger os onze integrantes da Mesa, entre eles, o presidente que vai comandar a Câmara pelos próximos dois anos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)