Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/05/2006 14:26

Câncer urológico atinge mais os homens, diz médico

De todos os tumores malignos que atingem o homem, com exceção dos de pele, 23% são urológicos. Em relação à mulher, esse índice cai para 2,1%. A informação foi dada nesta manhã pelo professor Eric Wroclawski, da Faculdade de Medicina do ABC, durante o 2º Fórum sobre Políticas Públicas em Saúde e Doenças do Homem. Entre os cânceres urológicos estão o câncer de rim, de bexiga, de próstata, de uretra e de pênis.
O professor ressaltou que mesmo os cânceres urológicos, que existem em ambos os sexos, são duas ou três vezes mais freqüentes no homem do que na mulher. O câncer de rim, cuja incidência é desconhecida no Brasil, é o câncer urológico mais letal. Já o câncer de próstata, considerado em algumas estimativas como o mais freqüente entre os homens, é a segunda causa de morte por câncer no estado de São Paulo. Wroclawski disse que o câncer de próstata passa a impressão de que não é fatal porque leva em média 13 anos para matar o paciente. "Existe uma latência que dá a impressão de que foi curado", disse. Ele observou que no Brasil 29% dos casos são diagnosticados em fases de metástase - quando a doença já atingiu outros órgãos.
O professor criticou o fato de que no Sistema Único de Saúde (SUS) quem prescreve medicamentos para o tratamento do câncer de próstata é o oncologista. "Quem cuida do paciente com câncer uológico é o urologista", defendeu.

Próstata x mama
O representante do Ministério da Saúde Antônio Augusto Ornellas advertiu que, pelos recentes índices verificados, a incidência do câncer de próstata pode chegar perto à do câncer de mama. Ele ressaltou que o câncer de próstata é mais difícil de ser examinado do que o câncer de mama e que, somente agora, estão sendo vencidas as resistências à realização do exame de toque retal.
O professor Nelson Rodrigues Netto Júnior, que também participou do debate, destacou que o crescimento microscópico da próstata acontece em todos os homens a partir dos 35 anos de idade. No entanto, essa alteração só é clinicamente detectável em 50% dos indivíduos, dos quais 25% poderão precisar de cirurgia. Segundo ele, 63% dos clínicos gerais atendem mais dez doentes por mês com hiperplasia benigna da próstata (crescimento benigno da próstata).
Júnior defendeu a importância do toque retal na avaliação médica como complemento do teste de PSA.

Sexualidade e hormônios
Prosseguindo os debates sobre saúde masculina, o médico Geraldo Faria abordou a sexualidade. Segundo ele, os problemas sexuais que afetam de maneira mais freqüente os homens são a disfunção erétil, a ejaculação precoce e a andropausa (menopausa masculina). Faria informou que, no Brasil, 49% da população entre 40 e 70 anos têm algum tipo de disfunção erétil. Entre os fatores de risco estão o alcoolismo, a obesidade, a hipertensão, o sedentarismo e a depressão. O desemprego, por exemplo, amplia em duas vezes a probabilidade de disfunção erétil. Geraldo Faria também falou sobre reposição hormonal masculina. Em relação à deficiência da testosterona (hormônio masculino), que ocorre na andropausa, o médico citou como conseqüências possíveis a diminuição da força e da resistência física e a redução da densidade óssea que pode levar à osteosporose. O problema pode ser tratado com reposição hormonal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)