Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/07/2007 15:06

Câncer: TJ obriga Estado a fornecer remédios a paciente

Daniel Pedra - Midiamax

A 3ª Seção Cível do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) concedeu liminar no mandado de segurança, obrigando a Secretaria Estadual de Saúde e Casa de Saúde a fornecerem a Thassiana Corrêa e Silva os medicamentos Zoladex e Tamoxifeno. A requerente é portadora de neoplasia de mama metástica e deve consumir, segundo laudo médico, os dois medicamentos, sendo o primeiro durante dois anos e o segundo durante cinco anos.

Ainda conforme o laudo médico, no caso do Zoladex, Thassiana precisa do medicamento de três em três meses, e enquanto no caso do Tamoxifeno o remédio precisa ser ingerido um comprimido ao dia. Os medicamentos foram prescritos a fim de evitar a manifestação da doença e a impetrante alega a impossibilidade de arcar com o alto custo dos remédios.

O governo do Estado alega que, em razão do atendimento igualitário, tendo como diretrizes básicas a eficiência e a eficácia, os medicamentos excepcionais são fornecidos pelos Centros de Alta Complexidade em Oncologia, mantidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde), que são responsáveis por garantir o atendimento integral a paciente com doenças neoplásicas malignas, o que inclui diagnóstico, tratamento e acompanhamento.

No entanto, os desembargadores que compõem a 3ª Seção Cível do TJ entenderam que o Estado tem que tomar as providências em relação à saúde da população, conforme consta no Artigo 196 da Constituição Federal. Por isso, por unanimidade, concederam a liminar que obriga o governo do Estado a fornecer os dois medicamentos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)