Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/01/2014 21:24

Câncer: Brasil recebe primeiro lote da vacina contra HPV

Agência do Rádio

O Instituto Butantan entregou ao Ministério da Saúde, nesta sexta-feira, o primeiro lote da vacina contra o HPV, vírus que pode causar o câncer de colo de útero. A dose passa a ser ofertada gratuitamente pelo SUS a partir de março deste ano. Até o final de 2014, vai ser possível vacinar 5 milhões de meninas de 11 a 13 anos. E a partir de 2015, meninas de 9 e 10 anos também vão ser imunizadas. É a primeira vez que a população vai ter acesso gratuito, em nível nacional, à vacina contra o HPV. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, recebeu o lote no Instituto Butantan, em São Paulo. Ele explicou que a vacina nas pré-adolescentes também protege os homens.

"Essa é a recomendação da Organização Mundial de Saúde. A Organização Mundial de Saúde demonstrou que nesse público a vacina tem um efeito bastante protetor, não só para as meninas, mas também para o sexo masculino porque reduz o número de mulheres com o vírus do HPV. Como é um tipo de vírus que é transmitido sexualmente, ao reduzir entre as mulheres, além de proteger as mulheres também reduz a transmissão para os homens".

O evento marcou o início da Parceria para Desenvolvimento Produtivo da vacina. O acordo envolve a transferência de tecnologia da empresa estrangeira atual produtora da dose, a Merck Sharp & Dohme, para o laboratório público brasileiro. Com isso, o Instituto Butantan vai passar a produzir a vacina em território nacional. De acordo com o ministro Alexandre Padilha, as famílias brasileiras vão economizar mil reais com a vacinação na rede pública contra o HPV.

"Hoje, uma família, se for pagar essa vacina, vai custar mil reais as três doses de vacinas. Com essa incorporação pelo Ministério da Saúde essa vacina passa a ser distribuída de graça no Sistema único de Saúde e em campanhas também dentro das escolas".

A vacina contra o HPV que vai ser distribuída no SUS previne contra quatro tipos do vírus. Dois deles respondem por 70% dos casos de câncer de colo de útero, responsável por 95% dos casos de câncer no País. É o segundo tipo de tumor que mais atinge as mulheres, atrás apenas do câncer de mama. Para saber mais sobre a vacinação contra o HPV, acesse www.saude.gov.br.

Reportagem, Fábio Ruas

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)