Cassilândia, Sábado, 25 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

10/01/2014 21:24

Câncer: Brasil recebe primeiro lote da vacina contra HPV

Agência do Rádio

O Instituto Butantan entregou ao Ministério da Saúde, nesta sexta-feira, o primeiro lote da vacina contra o HPV, vírus que pode causar o câncer de colo de útero. A dose passa a ser ofertada gratuitamente pelo SUS a partir de março deste ano. Até o final de 2014, vai ser possível vacinar 5 milhões de meninas de 11 a 13 anos. E a partir de 2015, meninas de 9 e 10 anos também vão ser imunizadas. É a primeira vez que a população vai ter acesso gratuito, em nível nacional, à vacina contra o HPV. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, recebeu o lote no Instituto Butantan, em São Paulo. Ele explicou que a vacina nas pré-adolescentes também protege os homens.

"Essa é a recomendação da Organização Mundial de Saúde. A Organização Mundial de Saúde demonstrou que nesse público a vacina tem um efeito bastante protetor, não só para as meninas, mas também para o sexo masculino porque reduz o número de mulheres com o vírus do HPV. Como é um tipo de vírus que é transmitido sexualmente, ao reduzir entre as mulheres, além de proteger as mulheres também reduz a transmissão para os homens".

O evento marcou o início da Parceria para Desenvolvimento Produtivo da vacina. O acordo envolve a transferência de tecnologia da empresa estrangeira atual produtora da dose, a Merck Sharp & Dohme, para o laboratório público brasileiro. Com isso, o Instituto Butantan vai passar a produzir a vacina em território nacional. De acordo com o ministro Alexandre Padilha, as famílias brasileiras vão economizar mil reais com a vacinação na rede pública contra o HPV.

"Hoje, uma família, se for pagar essa vacina, vai custar mil reais as três doses de vacinas. Com essa incorporação pelo Ministério da Saúde essa vacina passa a ser distribuída de graça no Sistema único de Saúde e em campanhas também dentro das escolas".

A vacina contra o HPV que vai ser distribuída no SUS previne contra quatro tipos do vírus. Dois deles respondem por 70% dos casos de câncer de colo de útero, responsável por 95% dos casos de câncer no País. É o segundo tipo de tumor que mais atinge as mulheres, atrás apenas do câncer de mama. Para saber mais sobre a vacinação contra o HPV, acesse www.saude.gov.br.

Reportagem, Fábio Ruas

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 25 de Novembro de 2017
04:44
Cassilândia
Sexta, 24 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 23 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)