Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

06/10/2011 13:51

Campo-grandense comemora ter sido único aprovado em teste do Santos

Campo Grande News/ Fabiano Arruda

O campo-grandense Winicius Soares Icasati, de 13 anos, foi o único aprovado entre 19 atletas em teste realizado no CT do Santos (SP) na semana passada.

A ida à sede do Peixe surgiu há 15 dias após Winicius ter sido aprovado em teste realizado em Campo Grande, no estádio Morenão, que contou com 100 garotos.

O teste na Capital, promovido pelo ex-jogador Robert, que atua como “garimpeiro” do Santos em todo País, aprovou 10 meninos ao todo.

O pai de Winicius, Cesar Icasati, que chegou a jogar no Taveirópolis em Campo Grande, confessa, orgulhoso, que não chega perto da habilidade do filho.

“Ele já havia sido aprovado no Internacional no ano passado e agora surgiu a oportunidade do Santos no meio do caminho”, explica, revelando que o filho se apresenta no dia 2 de janeiro no Santos e que o Peixe deve ser a casa de Winicius no ano que vem.

“Acredito que Santos tem a melhor estrutura de categoria de base do País. A seriedade do Robert também foi determinante, pois é uma pessoa que tem boa influência em outros clubes também”, conta Cesar.

Em Santos, Winicius conta que passou por treinos em campo reduzido, físicos e coletivos. Agora, para ser contratado pelo Santos, basta apenas a formalização do contrato. A partir disto ele passa a morar na sede do clube. Os estudos serão de manhã e os treinos à tarde.

“No Santos eles cobram bastante a questão do estudo e disciplina”, afirma o pai, demonstrando que a cobrança sobre a vida escolar do atleta dá certa tranquilidade aos pais.

Morador do bairro Los Angeles, Winicius diz que começou a jogar bola na rua. Há quatro anos começou a atuar no campo e gostou da ideia. Seus ídolos são os craques Cristiano Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho.

No campo, no entanto, ele diz que sua característica de jogar, habilidoso em bater na bola com as duas pernas, assemelha-se mais com Paulo Henrique Ganso. “Sou o 10”, responde para explicar que é meia armador, posição que apresenta certa carência no País.

Mas se for escalado como meia atacante, mais ofensivo, Winicius diz não haver problema, já que também atuou como ala e volante.

Sobre morar longe dos pais no ano que vem, quando estiver perto de completar 14 anos, o garoto diz saber que não será tarefa fácil, mas que será preciso.

Sorridente, o pai confessa que não esperava ver a carreira do filho se mostrar tão cedo. Diz saber da importância da figura do empresário na carreira dos jovens jogadores, mas mostra preocupação com os aproveitadores. “Estou tentando ser o empresário dele até onde eu conseguir”, frisa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)