Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/07/2009 09:21

Campo Grande registra 1º caso de gripe suína do Estado

Aline dos Santos, Campo Grande News

Mato Grosso do Sul confirmou o primeiro caso da gripe A (H1N1), a gripe suína. Conforme o diretor de Vigilância em Saúde, Eugênio Barros, o resultado chegou no fim da tarde de ontem à SES (Secretaria Estadual de Saúde), portanto o caso ainda não apareceu no último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde.

A gripe A foi confirmada em uma mulher, que mora em Campo Grande, e esteve na Argentina. Ela voltou à Capital no dia 21 de junho. No dia 22, com sintomas como febre e tosse forte, a mulher procurou atendimento no ambulatório da Santa Casa, onde foi medicada com xarope.

Sem melhora, ela foi ao ambulatório de um hospital particular. “Neste lugar, tiveram a luz de informar o serviço de vigilância. A Sesau colheu o material e a paciente passou a ser monitorada”, afirma o diretor.

A paciente permaneceu sete dias em isolamento domiciliar e foi liberada pelos serviços de saúde. Sete dias corresponde ao período de transmissão do vírus. No período, os parentes da mulher que são estudantes receberam autorização para não frequentar as aulas.

O diretor enfatiza que nenhuma pessoa que mora com a paciente apresentou sintomas da gripe suína. “Ela está muito bem. Apenas com uma sobrinha de tosse”.

Eugênio Barros salienta que as pessoas que voltarem de viagens ao exterior com gripe devem avisar os profissionais de saúde. De acordo com Barros, muitos resistem à idéia de ficar isolado, além de demonstrarem descrédito em relação à possibilidade de ter a doença. Ele destaca que neste primeiro caso confirmado a mulher alertou os parentes para não receber visitas.

No Estado, há 12 casos suspeitos de gripe suína em monitoramento. De acordo com Eugênio Barros o uso de máscaras é recomendado para os profissionais de saúde e para as pessoas com suspeita de gripe suína. “A pessoa deve usar a máscara cirúrgica. Que permite respirar com mais facilidade”.

Ações – Com o primeiro caso confirmado no Estado, a SES deve fazer uma nova capacitação para os profissionais. Uma oficina para repassar informações sobre a doença já havia sido realizada em maio.
No Brasil, foi confirmada uma morte por gripe suína no Rio Grande do Sul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)