Cassilândia, Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Últimas Notícias

07/02/2007 12:57

Campo demitiu menos e indústria contratou mais em 2006

Fernanda Mathias / Campo Grande News

A indústria foi o pilar do emprego formal em Mato Grosso do Sul no ano passado, sustentando, ao lado dos setores de indústria e serviços, crescimento de 41% no saldo de vagas mesmo com 9,2 mil demissões a mais que contratações em dezembro. O Ministério do Trabalho divulgou nesta quarta-feira os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Demitidos).

Eles mostram um saldo entre admitidos e demitidos de 6.507 vagas, número 41% maior que as 4.612 ao fim de 2005. Apesar de o saldo positivo ter aumentado, a maioria dos setores econômicos de Mato Grosso do Sul contratou menos no ano passado. O que ocorreu é que a retração no campo foi menos acentuada.

A indústria foi o setor que mais abriu espaço no mercado formal. Teve 3.390 admissões a mais que demissões contra 1.002 em 2005. O segmento mais representativo foi a indústria têxtil. Já o comércio gerou 1.591 novas vagas, contra 4.124 no ano anterior. No setor de serviços também ocorreu redução na geração de novas vagas, passando de 2.512 a 1.691.

O que evitou com que o saldo no mercado formal fosse menor que o de 2005 e fez com que até mesmo o superasse substancialmente é que o emprego no campo se retraiu menos que no ano de 2005, quando ocorreram focos de febre aftosa no Conesul e a terceira frustração consecutiva de safra descapitalizou produtores. No ano passado o número de demitidos ainda superou o de admitidos no setor agropecuário, em 154. Porém, em 2005 a diferença chegou a 3.155 vagas.

Em dezembro houve uma leva de demissões, que somaram 18.489 contra 9.255 admissões no mercado formal de trabalho de Mato Grosso do Sul. A maior parte desse saldo negativo se deve às 7,1 mil demissões que ocorreram no campo e 2,8 mil do setor industrial.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)