Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/10/2004 14:57

Campanha do Desarmamento já recolheu 140 mil armas

Lúcia Nórcio / ABr

A campanha do desarmamento já recolheu 140 mil armas até agora e ultrapassou a meta traçada para este ano, que era de 80 mil. a informação foi dada pelo ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, ao chegar ao Palácio Iguaçu para audiência com o governador do Paraná, Roberto Requião.

O ministro está no estado para lançar a Caravana do Desarmamento, que vai percorrer todo o país. Thomaz Bastos assinou convênios liberando R$ 6 milhões para projetos de segurança pública no estado. Também se juntaram à caravana representantes religiosos e líderes de entidades paranaenses.

O Paraná foi escolhido como ponto de partida da caravana por ter sido o primeiro estado a aderir à Campanha do Desarmamento, no início do ano, e ter retirado de circulação 20 mil armas em seis meses. De julho até agora, com a entrada da Polícia Federal na campanha, já foram recolhidas mais 5,6 mil armas. De Curitiba, a caravana segue, ainda hoje, para Santa Catarina.

A caravana tem o objetivo de conscientizar a população da importância de entregar as armas. Segundo o ministro, a partir de agora, o recolhimento de armas também será feito em igrejas, emissoras de rádio e postos de saúde, já que muitas pessoas temem ir a delegacias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)