Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/04/2010 07:51

Campanha alerta sobre importância de vacinação de prematuros

Elaine Patricia Cruz, Agência Brasil

São Paulo - Uma campanha lançada no início deste mês, em todo o Brasil, pretende chamar a atenção de pais e médicos sobre a importância de imunizar os bebês prematuros. Chamada de Prematuro Imunizado é Prematuro Protegido, a campanha quer estimular o uso de um calendário especial de vacinação para os prematuros, nascidos com menos de 37 semanas de gestação, e que são mais suscetíveis a doenças, principalmente as respiratórias.

“Os prematuros devem ser protegidos contra várias doenças: pneumonia, gripe, coqueluche e vírus sincicial respiratório (VSR). Esses vírus ou essas doenças - que em uma criança maior tem gravidade, mas que é muito maior num prematuro - devem ser prevenidas”, disse Renato Kfouri, pediatra e diretor da Sociedade Brasileira de Imunização (Sbim).

Os prematuros são mais suscetíveis a várias doenças, entre outras razões, porque apresentam peso menor, menos reserva energética e receberam menos anticorpos da mãe pela placenta.

“O prematuro nasceu antes da hora e, com isso, não conseguiu ganhar os anticorpos da mãe por meio da placenta. Crianças que nascem no tempo certo, acima de 37 semanas, ganham toda a formação de anticorpos da mãe: seja pela placenta e depois por meio do leite materno. Mas os anticorpos maternos têm vida útil. Depois de alguns meses, eles morrem. E a criança precisa produzir seus próprios anticorpos, por isso temos que vaciná-las”, afirmou Rosana Ritchmann, médica infectologista do Hospital Emílio Ribas.

Uma das doenças que o prematuro pode adquirir é a bronquiolite, provocada pelo vírus sincicial respiratório (VSR) e que pode levar a um quadro de asma no futuro. A doença é transmitida pelo ar e o contato direto entre pessoas e é mais comum no Brasil entre os meses de abril e setembro. Os sintomas geralmente são reconhecidos pela febre, coriza, tosse, espirros e chiado no peito.

Não existe vacina contra a bronquiolite, mas em prematuros (as maiores vítimas da doença) pode ser feito um tratamento profilático, que está previsto no calendário de vacinação. “Para o bebê prematuro, a infecção por VSR é grave e é caso de saúde pública”, alerta Kfouri sobre a importância do calendário de vacinação.

Segundo Kfouri, pais de crianças prematuras devem procurar informações sobre a vacinação inicialmente com o seu médico, mas o calendário também pode ser consultado pelo site http://prematuroimunizado.com.

“Essas vacinas, quase todas, estão disponíveis nos centros de referência de imunobiológicos especiais e são gratuitas”, afirmou Kfouri.

Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)