Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/06/2008 11:00

Caminhoneiros podem deflagrar greve a partir do dia 25

Fernanda Mathias - Campo Grande News

Na próxima quarta-feira representantes do setor de transporte de cargas rodoviário de todo o País se reúnem em Brasília (DF) onde decidem se deflagram ou não greve a partir do dia 25 de junho (quarta-feira da semana que vem).

O setor quer repassar o recente aumento no diesel, de 15%, no preço do frete e reclama de falta de incentivos do governo.

O porta-voz do Sindcargas/MS, Roberto Sinai, afirma que após a reunião será dado um ultimato ao governo, com emissão de uma carta. Se não houver resposta, a greve deve ser deflagrada sem previsão de término.

Sinai afirma que hoje o autônomo está estrangulado pelos custos elevados e baixa remuneração. Ele lembra que no Estado o preço do diesel varia de R$ 2,12 a R$ 2,30,o litro, já próximo do valor da gasolina, mas que se torna mais caro diante do rendimento baixo dos veículos pesados.

“Enquanto um carro roda até 15 quilômetros com um litro de gasolina o caminhão roda 1,5 a 1,6 quilômetro”, diz. O diesel, segundo ele, representa 60% do custo de transporte. Para Sinai, o governo não reconhece a importância do setor, responsável pelo escoamento de 68% da produção nacional.

Ele ressalta que a questão é inerente à toda a sociedade, porque desde alimentos até materiais de trabalho só chegam aos centros consumidores por conta do transporte rodoviário.

Além do frete baixo – a defasagem calculada é de 50% – e alta do diesel o setor também destaca as más condições das rodovias, que provocam avarias nos veículos. Sinai afirma que a descapitalização impede renovação da frota, que traria mais economia e também mais segurança ao trânsito das rodovias. Sinai questiona a aplicação de recursos da Cide, imposto criado justamente com a finalidade de melhorar a malha.

A frota de caminhões de Mato Grosso do Sul é de 65 mil veículos, dos quais 30 mil pertencem a autônomos. O setor envolve 100 mil trabalhadores. No País são um milhão de veículos com autônomos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)