Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/04/2015 14:07

Caminhoneiros liberam BR sob ameaça de multa, mas prometem retomar protesto

Campo Grande News
Caminhoneiros liberam BR sob ameaça de multa, mas prometem retomar protesto

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) informou que aplicaria multa caso os transportadores não retirassem os veículos da rotatória em que cruzam a BR-163 e BR-262, na saída para São Paulo, em Campo Grande, e com isso os manifestantes deixaram o local a cerca de uma hora. No entanto, continua a paralisação no Trevo da Bandeira, cruzamento das rodovias BR-163 e MS-463, em Dourados.

Conforme a polícia, os condutores com veículos parados em Campo Grande e Dourados foram avisados quanto a multa de R$ 10 mil pela hora parada, prevista em decisão judicial na ocasião do protesto anterior; além de penalidades previstas no Código de Trânsito.

Segundo o empresário Valcir Francisco da Silva, os caminhoneiros entrarão com pedido de liminar na Justiça para retomar a paralisação amanhã (25) ou na segunda-feira (27). “Eles nos disseram que iam multar e tivemos alguns minutos para resolver o que fazer. Decidimos sair para evitar multas, mas nosso advogado vai tomar as devidas providências para que possamos ter o direito de protestar”, contou.

Os caminhoneiros querem a criação de uma tabela de frete, além de outras melhorias para o setor. Dessa vez, o protesto tem apoio de integrantes do movimento "Fora Dilma", que estiveram no local com faixas e camisetas. Houve paralisação também na MS-040, na saída para Santa Rita do Pardo, mas os caminhoneiros deixaram o local as 9h30, de acordo com a PRF.

Decisão – Com a retomada das manifestações dos caminhoneiros no país ontem (23), o Governo Federal anunciou que a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) vai publicar hoje (24) uma resolução instituindo o procedimento para criação da tabela de frete.

Mesmo com o anúncio feito ontem a noite, os transportadores aderiram a paralisação em Mato Grosso do Sul e afirmam que não foram notificados dessa decisão do Governo. Os caminhoneiros acreditam que o Governo noticiou a criação da tabela de frete apenas para tentar interromper as manifestações.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)