Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/12/2008 09:51

Câmara responderá logo consulta do Supremo sobre PEC

Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse hoje (22) que a Casa responderá rapidamente aos questionamentos do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a decisão de não promulgar a proposta de emenda à Constituição (PEC) que aumenta em mais de 7 mil o número de vereadores no Brasil. Segundo ele, quando o questionamento do STF chegar, os técnicos vão produzir o parecer que será enviado ao Supremo assim que estiver pronto.
Chinaglia disse que já era previsível a pressão popular contra a aprovação da PEC com aumento do número de vereadores sem a redução de gastos com as Câmara Municipais. “Todos os senadores que fizerem discursos exagerados contra a Câmara estão sendo cobrados. Por que ficaram contra a redução de gastos. Por que ficaram contra a proposta da Câmara? Teria sido mais fácil aprovar o que a Câmara aprovou”, afirmou.
De acordo com Chinaglia, a decisão contrária à promulgação da PEC foi orientada pelo mérito da proposta votado na Câmara, que dizia que o aumento do número de vereadores não implicava aumento de gastos. “Não há como promulgar uma matéria deixando um artigo interdependente de fora”, justificou.
O presidente da Câmara destacou que uma PEC tem que ser votada com o mesmo conteúdo nas duas Casas do Legislativo. “Se era para o Senado transformar esse assunto em matéria prioritária, dado que a PEC estava [na Casa] desde maio, não sei por que decidiram votar na última sessão. Não seria tardio demais, após as eleições, o Senado jogar água no chope da Câmara depois de termos votado?”
Chinaglia lembrou que a Câmara votou uma matéria que, ao mesmo tempo, refazia a recomposição das Câmaras Municipais e reduzia gastos.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)