Cassilândia, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

18/03/2004 09:12

Câmara pode permitir que aluno ensine em cursinho

Agência Câmara

Os estudantes universitários poderão trabalhar como professores em cursos pré-vestibulares populares se o Projeto de Lei 2883/04, do deputado Chico Alencar (PT-RJ), for aprovado pelo Congresso Nacional.
O autor destaca a dificuldade que os jovens das camadas mais pobres enfrentam na busca de uma vaga no ensino superior. "Não só porque ainda cedo são obrigados a trabalhar, mas também porque a escola pública não oferece um ensino que lhes permita concorrer, em igualdade de condições, com o estudante das classes mais abastadas", afirma.

Cursinhos populares
Chico Alencar lembra ainda que o aluno da classe média tem condições de se matricular em um curso pré-vestibular, o que não acontece com os estudantes de famílias mais humildes. "Para enfrentar esse problema, pastorais e sindicatos criaram os cursos pré-vestibulares populares ou comunitários". No entanto, ele ressalta que esses cursos contam essencialmente com trabalho voluntário, o que causa constante substituição de professores.
O deputado explica que o projeto permite a contagem do tempo de aulas ministradas pelos universitários como jornada de atividade em estágio, "reconhecendo e aproveitando, para fins de currículo universitário, um trabalho social relevante."

Trâmite
A proposta, que tramita em regime conclusivo, está na Comissão de Educação e Cultura, onde aguarda designação de relator. Em seguida, seguirá para análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Redação.

Reportagem - Natalia Doederlein

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 25 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
07:30
Loterias
Sexta, 24 de Fevereiro de 2017
06:26
Loterias
06:23
Loterias
06:20
Loterias
06:15
Loterias
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)