Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/03/2004 09:12

Câmara pode permitir que aluno ensine em cursinho

Agência Câmara

Os estudantes universitários poderão trabalhar como professores em cursos pré-vestibulares populares se o Projeto de Lei 2883/04, do deputado Chico Alencar (PT-RJ), for aprovado pelo Congresso Nacional.
O autor destaca a dificuldade que os jovens das camadas mais pobres enfrentam na busca de uma vaga no ensino superior. "Não só porque ainda cedo são obrigados a trabalhar, mas também porque a escola pública não oferece um ensino que lhes permita concorrer, em igualdade de condições, com o estudante das classes mais abastadas", afirma.

Cursinhos populares
Chico Alencar lembra ainda que o aluno da classe média tem condições de se matricular em um curso pré-vestibular, o que não acontece com os estudantes de famílias mais humildes. "Para enfrentar esse problema, pastorais e sindicatos criaram os cursos pré-vestibulares populares ou comunitários". No entanto, ele ressalta que esses cursos contam essencialmente com trabalho voluntário, o que causa constante substituição de professores.
O deputado explica que o projeto permite a contagem do tempo de aulas ministradas pelos universitários como jornada de atividade em estágio, "reconhecendo e aproveitando, para fins de currículo universitário, um trabalho social relevante."

Trâmite
A proposta, que tramita em regime conclusivo, está na Comissão de Educação e Cultura, onde aguarda designação de relator. Em seguida, seguirá para análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Redação.

Reportagem - Natalia Doederlein

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)