Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/02/2007 13:30

Câmara dos Deputados abre concurso para 243 vagas

Na esperança de conquistar uma das 243 vagas dos dois concursos da Câmara dos Deputados programados para este semestre, milhares candidatos devem se inscrever para as provas e, boa parte deles, se matricular em cursinhos preparatórios. A concorrência é alta e os salários também: R$ 3.252,22 para as 107 vagas de nível médio e R$ 9.008,12 para as 136 de nível superior. Os aprovados vão engordar a lista de empregados da Casa que tem 3,6 mil servidores, 1,1 mil funcionários em cargos de confiança (chamados oficialmente de natureza especial) e 10 mil secretários parlamentares contratados sem concurso público pelos gabinetes dos 513 deputados.

Há vagas para várias profissões: médicos, jornalistas, seguranças, enfermeiras, técnicos em informática. Os salários podem ultrapassar os rendimentos dos parlamentares — R$ 12.740 — caso o novo funcionário faça horas-extras ou receba adicionais de especialização.

A exemplo do concurso do Ministério Público da União (MPU), que teve 397 mil candidatos para 453 vagas, os concursos da Câmara dos Deputados devem ter mais de 50 mil candidatos. Para Jacqueline Sousa, auxiliar de coordenação do Processus — um dos cursinhos preparatórios da capital da República — o número ainda é modesto. Segundo ela, a procura por cursos está muito forte e, toda semana, a instituição de ensino abre uma nova turma. Por enquanto, já são 48 com 20 ou 30 alunos cada. Do total, metade é voltada para a preparação para a prova de nível superior. “Esse é um dos concursos mais esperados, ainda mais com essa quantidade de vagas”, diz Jacqueline.

Quem pretende fazer um curso preparatório terá muitas opções para escolher. Entre os cursinhos da cidade, há aqueles que oferecem aulas avulsas para tratar de temas específicos. A maioria trabalha com cursos completos com todo o conteúdo exigido no edital. Os preços variam de acordo com o estabelecimento e a forma de pagamento. No Processus, por exemplo, o curso pago à vista sai, em média, por R$ 810 (nível médio) e R$ 1.075 (nível superior).

Apesar da animação dos candidatos em procurar cursos preparatórios, o concurso pode ser cancelado caso o presidente da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), considere que há gente demais na Casa. Na terça-feira, ele disse que há muitos funcionários, mas primeiro, prefere analisar a questão.(Correio Braziliense)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)