Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/03/2004 10:20

Câmara discute nacionalização do Cupuaçu

Agência Câmara

A Comissão de Educação e Cultura analisa o Projeto de Lei 2639/03, do Senado Federal, que designa o cupuaçu, espécie da região amazônica, fruta nacional. A proposta tem o objetivo de demonstrar o potencial biológico e econômico para que seja assegurada ao País a plena utilização de sua biodiversidade. Na última segunda-feira, o Brasil retomou o domínio popular da fruta brasileira cupuaçu, depois que o Escritório de Patentes do Japão cancelou o registro da marca feito pelas empresas japonesas Asahi Foods e Cupuaçu Internacional. A proposta do Senado, no entanto, garante o domínio legal da fruta para o País.
A proposta que tramita na Câmara também regula os registros de patentes no exterior com nomes de frutas da Amazônia. A representação brasileira na reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC), em Cancun, no ano passado, defendeu a modificação do acordo sobre patentes, para criar um regime especial para o patenteamento de produtos da biodiversidade ou do conhecimento de comunidades tradicionais, como índios e ribeirinhos. Depois de ser analisada pela Comissão de Educação e Cultura, a matéria será encaminhada à Comissão de Constituição e Justiça. Se aprovado, como tramita em regime conclusivo, seguirá diretamente à Sanção.

Campanha contra biopirataria
A retomada do domínio popular do Cupuaçu, segundo o deputado Henrique Afonso (PT-AC), é resultado da Campanha contra Biopirataria - O Cupuaçu é Nosso - liderada pela ONG Amazonlink e pelo Grupo de Trabalho da Amazônia que pediram a anulação do registro. “O problema da biopirataria não está limitado apenas a situação do cupuaçu, são centenas de recursos genéticos de frutas, que, infelizmente, sofrem o problema de patenteamento por empresas estrangeiras e registro de marcas de outros produtos e a questão do cupuaçu passou a ser uma luta simbólica”.
Henrique Afonso alertou que ainda é preciso cancelar o registro das multinacionais na União Européia e nos Estados Unidos. Ele disse que o registro nesses lugares obriga os produtores brasileiros a pagar aos japoneses sempre que o nome "cupuaçu" aparecer nas embalagens do produto in natura ou de seus derivados, incluídos na lista de ingredientes. Ele citou como exemplo, o cupulate - cupuaçu com chocolate desenvolvido pela Embrapa. “Se a gente quiser produzir cupulate, por exemplo, hoje nós não temos mais essa patente, se a gente quiser produzir cupulate e exportar cupulate nós vamos ter que pagar royaltes para as empresas”. Segundo o deputado, o caso do cupuaçu tornou popular a biopirataria da apropriação cultural. Henrique Afonso informou já existem outros produtos brasileiros com o nome patentiado no exterior como o chá Santo Daime, a andiroba, a copaíba e o açaí.



Reportagem - Daniel Cruz e Patrícia Gripp
Edição - Paulo Cesar Santos


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)