Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

Últimas Notícias

10/11/2008 14:25

Câmara debate Fronteiras do Ensino Profissional

Especialistas dos continentes americano, europeu e asiático participam hoje (10), na Câmara dos Deputados, do 2º Seminário Internacional Fronteiras do Ensino Profissional. O evento pretende apresentar diferentes experiências na área de políticas educacionais, de forma a contribuir para a construção de soluções para a educação técnica de nível médio brasileira.

O objetivo final do encontro é aprofundar as análises sobre os desafios da educação técnica no Brasil, a partir dos resultados positivos observados nas políticas educacionais de ensino médio diversificado de países como Finlândia, Alemanha, Estados Unidos, Áustria e Suíça.

“A expansão da rede de ensino técnico e profissionalizante já abriu 23 mil cargos”, informou o coordenador geral de Planejamento e Gestão da Secretaria de Educação Técnica e Tecnológica do Ministério da Educação, Alexandre Vidor, que
representou o ministro Fernando Haddad, na abertura do seminário.

“É uma oportunidade para conhecermos experiências bem-sucedidas em outras partes do mundo e compará-las às nossas experiências”, disse o coordenador do evento e presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara, deputado João Mattos (PMDB-SC). Ele disse que, com o evento, que pretende-se identificar tendências e áreas de articulação entre o ensino médio e a educação superior, além de formas de garantir sintonia entre a educação profissional e as demandas do mundo do trabalho, dentro de uma perspectiva de inclusão social.

Diretor de Administração do Conselho Nacional de Educação da Finlândia, Kari Pitkanen falou sobre o tema A Nova Escola Secundária Finlandesa e suas Mudanças na Educação Técnica-Vocacional. Entre 2006 e 2008, Pitkanen liderou a equipe responsável pelo projeto da União Européia para a Bósnia Herzegovina, na tentativa de recuperar o sistema de educação do país.

O treinamento vocacional na Áustria e na Suiça Alemã foi apresentado, em seguida, pelo pesquisador da Faculdade de Educação da Universidade de Siegen (Alemanha), Rolf Seubert.

O diretor do Programa Internacional de Doutorado em Educação (Inedd), Bernhard Fichtner, fala à tarde sobre o quadro de referência do Tratado de Bolonha – assinado em 1999 por 29 ministros de educação de países europeus, visando à implantação do Espaço Europeu de Ensino Superior.

As carreiras acadêmicas dos Estados Unidos serão apresentadas por dois especialistas: David Holmes, chefe de uma organização que ajuda jovens com deficiência de aprendizagem a continuarem os estudos e ingressarem no ensino superior, e Lonnie Barber, superintendente-geral das escolas de Idaho.

O Brasil estará representado pela chefe do Centro Técnico-Pedagógico da Diretoria de Educação Profissional do Departamento Nacional do Sistema Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Sesc-Senac), Maria Helena Barreto – que falará, à tarde, sobre a educação profissional na perspectiva de uma educação continuada – e pelo consultor Cândido Alberto Gomes, que ministrará a palestra Síntese e Lições da Experiência Internacional, abordando as discussões e palestras realizadas ao longo do dia.

O Seminário é uma realização da Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, em parceria com o Sesc-Senac. Tem como público-alvo parlamentares, gestores públicos estaduais e municipais, dirigentes de instituições de ensino, especialistas em educação, educadores e estudantes de pedagogia e de disciplinas afins.






Agência Brasil

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)