Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

08/06/2010 19:26

Câmara aprova recursos contra atos do Ministério Público

Agência Câmara

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ da Câmara Federal aprovou hoje a instituição de recurso contra atos do Ministério Público, dirigido ao órgão superior da instituição, que deverá resolver a questão no prazo de 60 dias.

O texto aprovado é o substitutivo do relator, deputado Roberto Magalhães (DEM-PE), ao Projeto de Lei 5078/09, do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG). O texto original referia-se apenas às ações civis públicas. O substitutivo estendeu a possibilidade de recursos a todas as ações que tratem de direitos individuais ou de pessoas jurídicas.

Como a aprovação na CCJ foi em caráter conclusivoRito de tramitação pelo qual o projeto não precisa ser votado pelo Plenário, apenas pelas comissões designadas para analisá-lo. O projeto perderá esse caráter em duas situações: - se houver parecer divergente entre as comissões (rejeição por uma, aprovação por outra); - se, depois de aprovado pelas comissões, houver recurso contra esse rito assinado por 51 deputados (10% do total). Nos dois casos, o projeto precisará ser votado pelo Plenário., a proposta seguirá para o Senado, caso não haja recurso para que seja votada pelo Plenário.

Reportagem - Rodrigo Bittar
Edição - Newton Araújo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)