Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/04/2010 16:53

Caixa e Banco do Brasil apostam na expansão do crédito imobiliário

Kelly Oliveira, Agência Brasil

Brasília - A Caixa e o Banco do Brasil esperam por forte expansão do crédito imobiliário neste ano, sem se preocuparem com a fonte de recursos para atender à demanda. Na avaliação de técnicos da Caixa, no longo prazo é possível que todos os bancos tenham destinado recursos da poupança para o crédito imobiliário acima do exigido.



Para a Caixa, uma das alternativas, no futuro, para um nova fonte de recursos é a securitização de papéis imobiliários, o que significa transformar créditos de longo prazo em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs). Esses certificados são vendidos a investidores.



Atualmente, os bancos são obrigados a destinar 65% das aplicações do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) para os empréstimos imobiliários.

O vice-presidente de Cartões e Novos Negócios do Banco do Brasil, Paulo Rogério Caffarelli, também espera que no futuro o mercado secundário de crédito imobiliário esteja disseminado. Neste ano, diz Caffarelli, não faltam recursos para aplicar no financiamento imobiliário.



O Banco do Brasil tem disponível R$ 7 bilhões para este ano. Em 2009, a carteira de financiamento imobiliário do banco ficou em R$ 1,5 bilhão, com expectativa de dobrar esse resultado neste ano. A meta do banco é estar entre os três maiores em 2012. A Caixa, por sua vez, aplicou R$ 47 bilhões em crédito imobiliário em 2009 e tem meta de R$ 55 bilhões para este ano.

Na avaliação de Caffarelli, ainda que há muito espaço para o crédito imobiliário crescer no Brasil. “Temos dobrado o desembolso ano após ano, mas ainda estamos distantes de outros países”, disse.



Ele lembrou que o crédito imobiliário no Brasil corresponde a 3% do Produto Interno Bruto (PIB) - soma de todos os bens e serviços produzidos no país -, enquanto que em outros países, como o México e o Chile, esses índices são maiores, cerca de 11% e 17%, respectivamente. Caffarelli lembra ainda que o país tem déficit habitacional de 8 milhões de unidades, número que indica necessidade expansão do crédito para compra de imóveis.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)